A estreia do Grêmio na Copa Libertadores 2020 era muito complicada. Na Colômbia, o time gremista tinha o desafio de enfrentar o América de Cali, uma das equipes mais tradicionais do país, e que voltava a disputar a competição continental após 11 anos. Entretanto, o time brasileiro abusou da eficiência, e com gols de Victor Ferraz e Matheus Henrique, venceu por 2 a 0.

O América de Cali foi escalado com o seguinte time: Chaux; Arrieta, Torres, Segovia e Velasco; Sierra, Ureña e Pisano; Cabrera, Vergara e Rangel.

Já o Grêmio, foi mandado a campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Caio Henrique; Maicon, Lucas Silva e Matheus Henrique; Everton, Alisson e Diego Souza.

O JOGO

A experiência de estar em sua quinta edição de Libertadores consecutiva fez com que o Grêmio tivesse muita experiência. E, esta experiência foi posta em prática, com o time brasileiro mantendo a posse de bola nos primeiros minutos do jogo, sem deixar o adversário ter o controle da partida. Aos 15 minutos, Lucas Silva cobrou falta, a bola bateu em Diego Souza e sobrou para Victor Ferraz (que estava em condição de impedimento) apenas empurrar para as redes. Depois do primeiro gol, a partida ficou amarrada no meio-campo, sem grandes chances para ambos os lados. Entretanto, no fim do primeiro tempo, os donos da casa aumentaram o ímpeto, e exerceram grande pressão.Pisano, em grande jogada individual, quase fez um golaço, mas a bola bateu na trave. Já aos 44 minutos, Sierra ganhou no alto e cabeceou firme, obrigando Vanderlei a fazer grande defesa.

Victor Ferraz abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo. (Foto:Lucas Uebel/Divulgação)
Victor Ferraz abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo. (Foto:Lucas Uebel/Divulgação)

Na segunda etapa, o Grêmio (já com Thaciano na vaga de Maicon), o Grêmio utilizou a mesma estratégia: Controlar o jogo com posse de bola. Mais uma vez, a estratégia deu certo, e logo com quatro minutos, Matheus Henrique recebeu passe de Everton e acertou um belo chute de fora da área, para vencer o goleiro e ampliar a vantagem brasileira. Com o 2 a 0 no placar, o Grêmio recuou naturalmente. Deu a bola ao América e esperou os contra-ataques. Foi pressionado, mas pouco ameaçado. Aos 25 minutos, Diego Souza fez jogada individual e lançou para Everton, que foi travado por Segovia antes de concluir a jogada. Depois disso, a partida ficou morna, e o cansaço atingiu ambas as equipes.

Matheus Henrique fechou a vitória gremista no segundo tempo. (Foto:Lucas Uebel/Divulgação)
Matheus Henrique fechou a vitória gremista no segundo tempo. (Foto:Lucas Uebel/Divulgação)

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO E:

  1. Internacional: 3 pts
  2. Grêmio: 3 pts
  3. América de Cali: 0 pts
  4. Universidad Católica: 0 pts