Foi sofrido, mas enfim, o Internacional está garantido na fase de grupos da Libertadores e mais, teremos Grenal!

Mais uma vez foi sofrível, tenso - como na grande maioria das vezes são os jogos do Colorado nos últimos tempos, e porque seria diferente? Pois é, não foi. O Tolima veio a Porto Alegre afim de colocar sal no "chopp" do Inter e dificultou bastante a festa colorada, no entanto, o time brasileiro mesmo com um a menos (D’Alessandro foi expulso no segundo tempo) soube administrar a partida e segurar a pressão do time colombiano e com isso garantir a vitória por 1 a 0 (gol de Paolo Guerrero, com uma assistência fantástica de D’Alessandro), se classificando para a fase de grupos do torneio, onde irão encarar o Grêmio - seu maior adversário nos mais de 100 anos de sua história.

Os Grenais da Libertadores irão ocorrer nos dias 12 de março (na Arena) e 8 de abril (no Beira-Rio. Assim como o Grêmio, o Colorado se classificou ao "Grupo E", da Libertadores.

Inter está classificado a fase de grupos da Libertadores 2020.
Inter está classificado a fase de grupos da Libertadores 2020.

Veja como foi o duelo diante do Tolima

1º tempo

Sem muita qualidade - muito pelo esquema tático insistido pelo treinador Eduardo Coudet, o Colorado soube se entregar a essa partida. Com as mesmas dificuldades de criação com dois volantes praticamente na mesma posição, o time abusou nos passes errados, porém, o técnico colorado desta vez percebeu os problemas e sacou Rodrigo Lindoso para promover a entrada de Marcos Guilherme - ainda na primeira etapa. O time parece ter se encontrado, no entanto, o sofrimento continuava o mesmo. Sem muitas bolas ao centroavante, Paolo Guerrero quando as recebia tinha dificuldades de dominá-la. Assim, o Tolima começou a gostar da partida e chegou a levar perigo por duas vezes no primeiro tempo, com Campaz e Estupiñán. Só que o Inter contava com o apoio da massa (torcedores) e no último lance antes do intervalo - já nos acréscimos, apareceu o "maestro". D’Alessandro recebeu a bola de Marcos Guilherme, deixou Banguero para trás com duas entortadas e passou a bola para Guerrero, que praticamente livre só teve o trabalho de empurrar a redondinha para o fundo das redes. Final da primeira etapa e alívio momentâneo para os Colorados.

Momento do gol marcado por Paolo Guerrero.
Momento do gol marcado por Paolo Guerrero.

2º tempo

Com 1 a 0 no placar, o Colorado na frente sabia que se tomasse um gol as coisas poderiam complicar ainda mais (visto o gol qualificado marcado fora de casa) e para pior a "tensão" da partida, aos 18 minutos, no instante que Eduardo Coudet conversava com Thiago Galhardo para promover a troca desse por D’Alessandro, o argentino acabou tomando o segundo cartão amarelo no jogo e consequentemente sendo expulso - o que voltou a dificultar as coisas para o time da casa. Com um a mais em campo, o treinador do Tolima promoveu mudanças táticas e com isso sacou os volantes e colocou atacantes em sua equipe; a pressão passou a ser enorme, o Colorado praticamente só se defendia e quase no final do confronto, Marcelo Lomba mais uma vez - assim como já fez por inúmeras vezes, salvou o Colorado em um contra-ataque do time colombiano, salvando o Inter e garantindo a classificação a fase de grupos da Libertadores 2020. 1 a 0 - placar final.

D’Alessandro

O "nome" do jogo, o argentino se tornou o "Hermano" com mais partidas na história da Libertadores - 86 jogos disputados até aqui. Só que na noite que bate mais um recorde em sua carreira, o meia-atacante que deu uma assistência espetacular para o gol de Paolo Guerrero; ao deixar a bola escapar, dividiu com Robles e acabou pisando em sua perna - consequentemente falta; segundo amarelo e expulsão. D’Alessandro assim, será desfalque contra a Universidad Católica, na próxima terça-feira, na estreia do Colorado na fase de grupos da Libertadores.

Momento em que D
Momento em que D'Alessandro passa a braçadeira de capitão a Edenílson e deixa o gramado do Beira-Rio expulso.

Agenda Colorada

Antes de voltar a campo - agora pela fase de grupos da Libertadores, na próxima terça-feira, no Beira-Rio, às 19h15, diante da Universidad Católica - o Colorado se volta ao Gauchão neste sábado, às 19h, quando irá encarar o Caxias no estádio Centenário, longe de casa, na abertura do returno do Campeonato Estadual.