Poderia ser melhor. Esta é a sensação do Internacional após o empate sem gols diante do Tolima, fora de casa, em partida válida pela terceira e última fase da "Pré-Libertadores". Na noite da última quarta-feira, o time comandado pelo técnico Eduardo Coudet visitou os colombianos, e em uma partida muito fraca tecnicamente, acabou empatando sem gols, trazendo a decisão da vaga para o grupo E da competição continental para a próxima quarta-feira, no estádio Beira-Rio.

O Internacional foi a campo com a seguinte escalação: Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Uendel; Musto, Edenílson, Rodrigo Lindoso e Boschilia; Marcos Guilherme e Guerrero.

O Tolima foi escalado com: Montero; Castrillón, Quiñónes, Moya e Banguero; Robles, Gordillo, Albornoz, Campaz e Estupiñan; Francisco Rodríguez.

O jogo

1º TEMPO

A primeira etapa foi marcada por muitos erros de passe, que limitava as chances claras de gol de ambas as partes. Aos 2 minutos, Boschilia obrigou o goleiro e fazer grande defesa, mas esta foi a única oportunidade de gol da partida no início de jogo. Com pouca qualidade técnica por parte dos colombianos, o Inter assumiu o domínio das ações, mas esbarrava nas poucas participações de Marcos Guilherme e Guerrero, que não conseguiram criar chances em suas movimentações no campo de ataque. No fim do primeiro tempo, o Tolima conseguiu chegar perto do gol em duas oportunidades, ambas com Campaz. A primeira para fora e a última, já nos acréscimos, defendida por Marcelo Lomba.

Primeira etapa foi marcada pelos erros de passe das duas equipes. (Foto:Divulgação/ Ricardo Duarte)
Primeira etapa foi marcada pelos erros de passe das duas equipes. (Foto:Divulgação/ Ricardo Duarte)

2º TEMPO

Na segunda etapa, o time brasileiro apenas administrou o empate, tendo em vista que seu adversário não oferecia perigo algum. Com pouca agressividade, o colorado abusou dos toques de bola no meio-campo, mas sem velocidade na parte ofensiva, tomava as decisões erradas na última parte do campo, e chegou muito pouco ao gol do Tolima. Nos últimos minutos, o time de Eduardo Coudet ensaiou uma pressão com Boschilia, que chutou no canto, exigindo boa defesa de Montero. Focado em utilizar os contra-ataques, o Tolima pouco chegou ao gol de Marcelo Lomba. Fim de papo: 0x0.

Segundo tempo praticamente não teve chances de gol. (Foto:Ricardo Duarte/Divulgação)
Segundo tempo praticamente não teve chances de gol. (Foto:Ricardo Duarte/Divulgação)

Decisão da vaga

A partida de volta entre Internacional e Tolima acontecerá na próxima quarta-feira (26), às 21h30, no estádio Beira-Rio. Para se classificar, o time brasileiro precisa vencer o jogo por qualquer placar. Novo empate sem gols leva a decisão para os pênaltis, e empate com gols classifica o Tolima.

Quem avançar estará classificado para o grupo E da Copa Libertadores da América, que já conta com Grêmio, Universidad Católica (Chile) e América de Cali (Colômbia).