Sem tréguas para o time de Eduardo Coudet, depois de ter sido eliminado do primeiro turno do Campeonato Gaúcho - diante de seu maior rival, nas semifinais, agora o Internacional já se volta à outra grande decisão - a mais importante do ano até aqui. Estamos falando do confronto diante do Tolima, nesta quarta-feira, em Ibagué-COL, às 21h30, pelo jogo de ida da terceira fase da "Pré-Libertadores", onde se o Colorado conseguir um bom resultado, dará um passo enorme na sua classificação a fase de grupos da competição mais importante da América do Sul - claro que falo da Libertadores.

Coudet e o elenco colorado no CT do Tolima.
Coudet e o elenco colorado no CT do Tolima.

Lembrando sempre que nesta fase da competição sul-americana, existe o critério do "gol qualificado", ou seja, o Inter precisa pelo menos marcar um gol fora de casa para poder voltar a Porto Alegre mais tranquilo para o duelo "decisivo" na próxima quarta-feira, no Beira-Rio - também as 21h30.

O que quero dizer com isso; simples. Se o Colorado, por exemplo, empatar com gols hoje a noite no Estádio Manuel Murillo Toro, levará para o jogo de volta uma grande vantagem e melhor ainda, se vencer por 1 ou 2 gols - tipo 1 a 0, 2 a 1, obrigará o Tolima a marcar mais gols no próximo jogo; por isso digo e repito que é muito importante para o Colorado marcar gols hoje na Colômbia.

Obviamente que o adversário desta quarta-feira é superior ao encarado na fase anterior da "Pré-Libertadores" - lembrando sempre que esse mesmo Tolima já eliminou o Corinthians uma vez nesta mesma fase da competição; assim sendo, todo cuidado é pouco aos Colorados, que precisarão estar em sua melhor forma física e de concentração - ainda contanto com a primeira derrota deste time "titular" de Coudet no último final de semana diante do Grêmio - visto que um Grenal sempre pesa para o lado que sai derrotado.

D
D'Alessandro em sua última coletiva, nesta terça-feira.

Cientes da grande responsabilidade que tem em jogo nesta quarta-feira, os jogadores garantem que o Gauchão é passado - pelo menos esse primeiro turno e que estão focados no duelo diante do Tolima, assim como diz o capitão colorado:

"Todo planejamento depende dessas duas partidas. Nós planejamos o ano passando para a Libertadores. Sair agora seria um golpe muito duro para o nosso planejamento que vem pela frente", destacou D’Alessandro.

Assim como já declarei acima, uma vitória hoje para o Inter será um passo enorme, não apenas para o retorno da tranquilidade, mas para o futuro de 2020, uma vez que a temporada do clube passa diretamente por chegar a fase de grupos da Libertadores. Cair nesta fase significa deixar de arrecadar US$ 3 milhões - isso sem contar todo o planejamento feito dentro do torneio, onde a direção prevê o time chegando pelo menos até as quartas de final da Libertadores deste ano.

Se não bastasse toda essa "pressão" sobre a "temporada", o jogo desta noite também nos dará uma prova ao poder de reação do time comandado por Eduardo Coudet - que tem um pouco mais de um mês de trabalho a frente da equipe.

Para complicar um pouco a vida do treinador argentino do Inter, o mesmo recebeu uma notícia um tanto quanto ruim nesta última terça-feira. Moisés ainda sente dores no tornozelo esquerdo e muito provavelmente desfalcará o time diante do Tolima. Com essa eminente ausência, Coudet ainda terá outra "prova"; a manutenção de seu estilo de jogo ou a modificação do mesmo para esse duelo.

Sem a presença do lateral-esquerdo, Coudet terá duas alternativas. A simples troca, colando Uendel no lugar do jogador lesionado ou optar por outro esquema, com três zagueiros, jogando no 3-5-2 com o retorno de Rodrigo Moledo ao sistema defensivo. O jogo contra o Tolima também servirá para o treinador testar algumas de suas convicções para a temporada, como por exemplo, a manutenção de Musto no time titular - jogador esse muito contestado pelos torcedores.

Assim, Eduardo Coudet terá muito o que pensar até horas antes do início do grande jogo para o Colorado.

Tolima x Internacional se encaram no Estádio Murillo Toro, em Ibagué, Colômbia, pelo jogo de ida da 3ª fase da "Pré-Libertadores", às 21h30 (no horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela RBS/Globo.

Internacional x Tolima - Pré-Libertadores - 3ª fase.
Internacional x Tolima - Pré-Libertadores - 3ª fase.

Abaixo veja as possíveis escalações das duas equipes:

Tolima: Montero; Castrillón, Quiñónez, Moya e Banguero; Robles, Gordillo, Estupiñan, Campaz e Miranda; Francisco Rodríguez;

Internacional: Lomba; Rodinei, Moledo (Bruno Fuchs), Cuesta, Moisés (Uendel); Musto, Edenílson, Lindoso e Boschilia; D’Alessandro e Guerrero.

Arbitragem: Roberto Tobar - auxiliado por Alejandro Molina e Claudio Urrutia - todos do Chile.