Corinthians sofre na criação, e é derrotado pelo Guaraní-PAR por 1x0

Após sofrer gol no início, time comandado pelo técnico Tiago Nunes precisa vencer por dois gols de diferença para avançar na competição continental.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Em busca do bi-campeonato da Copa Libertadores da América, o Corinthians iniciou sua caminhada na competição continental na noite da última quarta-feira. No Paraguai, a equipe comandada pelo técnico Tiago Nunes enfrentou o Guaraní, em partida válida pelo jogo de ida da 2ª fase da "Pré-Libertadores", e foi derrotada pelo placar de 1x0. Agora, a decisão fica para a próxima quarta-feira, na Arena Corinthians.

O Guaraní foi escalado com: Servio; Ivan Ramírez, Romaña, Báez e Guilhermo Benítez; Ángel Benítez, Morel, Florentin Bobadilla, Edgar Benítez e Redes; Fernando Fernández.

O Corinthians foi mandado a campo com: Cássio; Fagner, Gil, Pedro Henrique e Sidcley; Cantillo, Camacho e Luan; Janderson, Everaldo e Boselli.

O JOGO

Apesar da pouca presença de público no estádio, o Guaraní aproveitou os primeiros minutos do jogo e pressionou o Corinthians. Antes dos 5 minutos, a equipe paraguaia já havia chegado com perigo, e a bola de Redes foi na trave. Aos 7 minutos, após cruzamento, Morel aproveitou falha da defesa corintiana e abriu o placar. O time brasileiro, com muita dificuldade em criar jogadas, demorou a engrenar no jogo, mas aos poucos, foi se soltando. O empate poderia ter saído com Boselli, que pegou bola espirrada na zaga e deu na trave. Depois, Cantillo achou Everaldo dentro da área, o atacante finalizou de primeira, mas Gaspar Servio espalmou.

Guaraní abriu o placar logo aos 7 minutos do primeiro tempo. (Foto:Twitter)
Guaraní abriu o placar logo aos 7 minutos do primeiro tempo. (Foto:Twitter)

Na segunda etapa, o Corinthians voltou melhor, e tentou empatar o jogo. Aos 13 minutos, as trocas de Tiago Nunes de Sidcley e Everaldo por Lucas Pitón e Janderson deu mais velocidade na troca de passes, mas ainda sem efetividade. Mesmo tendo muita posse de bola, o Corinthians não conseguiu ser efetivo, e quase sofreu o segundo gol nos acréscimos, mas Cantillo conseguiu evitar o passe na hora H e evitar a finalização do segundo gol. No fim, derrota por 1 a 0.

Pouca efetividade do Corinthians impediu empate na segunda etapa. (Foto:EFE/Nathalia Aguilar)
Pouca efetividade do Corinthians impediu empate na segunda etapa. (Foto:EFE/Nathalia Aguilar)

Com a derrota, o Corinthians precisará vencer o Guaraní por dois gols de diferença na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena. Vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, e qualquer outra vitória por um gol de diferença classifica a equipe paraguaia pelo critério do gol marcado fora de casa. Empate ou vitória do Guaraní, claro, também classifica o rival.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal