Conmebol proíbe acesso ao estádio da grande final da Libertadores

A entidade máxima do futebol na América do Sul realiza os últimos preparativos para receber a decisão da Libertadores, entre Flamengo x River Plate.

Por Minha Torcida
Compartilhe

A pouco mais de dois dias e meio para a grande decisão da Libertadores 2019, a mudança de sede para a grande decisão da competição continental obrigou a Conmebol a correr com a preparação do estádio. O Monumental Universitario está longe de estar pronto para o confronto entre Flamengo e River Plate: faltam desde faixas com as marcas da competição e de patrocinadores até cadeiras que ainda estão sendo colocadas. O clima no local é de obras de última hora.

A Conmebol tinha investido em uma pequena reforma no Estádio Nacional de Santiago, que receberia o jogo. Por isso a resistência em trocar de local. Enfim, no início de novembro, uma reunião selou alteração para Lima, após semanas de convulsão social no Chile.

Por conta dos preparativos de última hora, a entidade máxima do futebol na América do Sul não deixou veículos entrarem no estádio nesta última terça-feira - sendo exceção os donos de direitos da competição como Fox Sports e Globo. A instrução era clara de que o Monumental ainda não deveria ser mostrado enquanto não estivesse pronto.

Estdio Monumental de Lima - Peru.
Estádio Monumental de Lima - Peru.

Na área externa, ainda havia acessos de entrada sendo instalados, placas com as marcas da Libertadores encostadas nas grades e operários dando mão de tinta na pintura marrom clara da arquibancada. Patrocinadores do Universitario ainda tinham suas marcas exibidas, sem ainda presença dos parceiros comerciais da Conmebol.

Internamente, ainda haviam vários assentos quebrados que tiveram de ser substituídos. Os assentos são do tipo que era usado em estádio mais antigos no Brasil, sem encosto. A administração do Monumental informou que alugou o estádio e, a partir daí, tudo tem corrido por conta da Conmebol. Não havia uma renovação no local desde a sua construção, há 20 anos.

Embora seja um estádio "teoricamente novo", o Monumental tem uma aparência envelhecida, fruto talvez da sua arquitetura mais antiga e da falta de manutenção. As grades externas têm arames farpados no topo, algo também já abolido em equipamentos mais modernos.

O estádio em Lima só foi escolhido por ser opção de emergência com falta de alternativas e pelo Monumental ser um estádio de grande capacidade - podendo receber até 60 mil expectadores; e pelo melhor acesso da capital peruana. Lima, de fato, tem boa estrutura para receber os turistas. O acesso ao estádio, no entanto, é bem complicado. Há uma pista com apenas duas vias na avenida conhecida por engarrafamentos na cidade. A chegada em jogos grandes costuma ser caótica, segundo moradores próximos ao estádio que sediará a grande decisão da Libertadores deste ano. Flamengo x River Plate se encaram neste sábado, em final única.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal