Superclássico argentino pelas semifinais da Libertadores pode ter data alterada; entenda

O presidente da Argentina – Mauricio Macri estuda enviar a Conmebol um pedido oficial para que o duelo entre as duas equipes possa ter sua data alterada em uma semana.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Boca Juniors x River Plate pelo jogo da volta das semifinais da Libertadores pode ter data alterada, entenda: O presidente da Argentina - Mauricio Macri estuda enviar a Conmebol um pedido oficial para que o duelo entre as duas equipes possa ter sua data alterada em uma semana.

Se a entidade máxima do futebol na América do Sul atender ao pedido do presidente da Argentina, o confronto entre as duas maiores equipes do futebol no país passará do dia 22 de outubro, para o dia 29 do mesmo mês. O grande motivo para a alteração da data do "Superclássico" seria em virtude da eleição presidencial (27 de outubro), que irá ocorrer cinco dias depois do duelo e, como acredita o presidente argentino, os ânimos dos torcedores podem estar elevados por conta do placar do confronto e poderia ser um grande problema para a segurança.

Lucas Pratto e Carlos Tévez.
Lucas Pratto e Carlos Tévez.

Na primeira partida pelas semifinais da Copa Libertadores, deu River Plate, que venceu o "Superclássico" por 2 a 0, no Monumental de Núñez, na última terça-feira. Com esse placar, os "Millonarios" pode perder até por um gol de diferença que se classificam a grande final da Libertadores. Para o Boca Juniors restará vencer o duelo por 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis ou 3 a 0 para levar sua classificação no tempo normal - mas não podemos esquecer do gol qualificado fora de casa, onde se o River marcar um gol, o Boca será obrigado a fazer dois, ou seja, se o River marcar 1, o Boca para levar a classificação terá que vencer por 5 a 1 - visto que o gol marcado fora de casa neste critério tem "peso dois".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal