OPINIÃO: Faltou Grêmio diante do Flamengo na Libertadores

Bastante nervoso, time de Renato Portaluppi sofreu, mas conseguiu o empate que deixa a equipe viva para o duelo de volta, no dia 23 de outubro.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Com tanta expectativa diante do embate diante do Flamengo, o Grêmio foi uma equipe sobretudo nervosa na Arena. De fato, o time de Renato Portaluppi, em panoramas gerais, foi dominado pelo Flamengo na partida de ida, e deixa a todos com a sensação de que o empate foi um resultado mais carinhoso do que o time gaúcho merecia.

Muito mais confortável em campo, o Flamengo colocou o Grêmio na roda na primeira etapa. Completamente atordoado, o Grêmio parecia uma equipe extremamente nervosa, e nitidamente teve sérios problemas quando precisou atuar sem a bola. Com menos qualidade técnica nas peças individuais, o tricolor precisava igualar o jogo na inteligência tática, algo que obviamente não aconteceu nos primeiros 45 minutos da partida. Se não fosse a arbitragem, que anulou (corretamente) dois gols do rubro-negro, o prejuízo seria extremamente maior e praticamente irreparável.

Duelo foi muito disputado, e menos jogado do que se esperava. (Foto:Divulgação)Duelo foi muito disputado, e menos jogado do que se esperava. (Foto:Divulgação)

Na segunda etapa, mesmo sem mudar as peças, o Grêmio equilibrou o jogo. O vestiário fez bem ao time gaúcho, que começou a chegar com perigo, e criar algumas chances de gol. Mas, como é normal do futebol, no melhor momento da equipe na partida, acabou sofrendo o gol, que pela atuação das equipes, parecia questão de tempo. Depois disso, a equipe carioca se preocupou com defender o resultado, e com isso, em jogada de contra-ataque, o jovem Pepê foi o responsável por colocar o Grêmio novamente na disputa pela vaga na grande final.

De fato, o resultado não foi tão justo quanto se imagina. Não houve igualdade em campo, mas exatamente por isso, o futebol é encantador: Sem justiça, o grêmio segue vivo na semifinal, e agora precisa ser mais Grêmio para chegar na grande final da Libertadores.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal