Já em solo gaúcho para a primeira partida das semifinais da Copa Libertadores, o Flamengo que está concentrado em Viamão, na "Grande Porto Alegre", foi surpreendido na manhã desta terça-feira por membros da Conmebol para o exame antidoping.

Todos os jogadores do elenco foram obrigados a coletarem sangue; até mesmo a comissão técnica ficou surpresa com a "tal" visita. No entanto, o procedimento em questão não atrapalhou a programação e logo em seguida o elenco rubro-negro pode seguir para o trabalho com bola.

Vale ressaltar que o procedimento em questão é padrão na Conmebol e todos os semifinalistas da Libertadores foram submetidos ao mesmo processo - não sendo nada exclusivo ao "Flamengo". Jogadores de Boca e River realizaram a coleta do sangue para o exame antidoping na última semana, já o Grêmio passou pelo mesmo processo nesta segunda-feira.

Esse é um procedimento utilizado pela entidade máxima do futebol sul-americano desde 2017, nas fazes mais agudas das competições por ela organizada.