Athletico não é páreo para o Boca na Bombonera e é eliminado da Libertadores

Com pressão do início ao fim e sem capacidade ofensiva, o “furacão” viu Ábila marcar para o time da casa na etapa complementar, com Sálvio fechando o placar no último minuto.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Assim como o Cruzeiro foi eliminado na terça-feira, o Athletico deu adeus a Libertadores nesta última quarta-feira ao ser derrotado pelo Boca Juniors, na Bombonera - Argentina. Com pressão do início ao fim e sem capacidade ofensiva, o "furacão" viu Ábila marcar para o time da casa na etapa complementar, com Sálvio fechando o placar no último minuto e consequentemente classificar o time argentino as quartas de final.

Boca Juniors usa fator casa para eliminar o Athletico da Libertadores.Boca Juniors usa fator casa para eliminar o Athletico da Libertadores.

Como puderam perceber, o Boca Juniors derrotou o Athletico pelo placar de 2 a 0 e com isso avançou a próxima fase da competição sul-americana, onde agora irá encarar a LDU (a equipe do Equador despachou o Olimpia - do Paraguai), nas quartas de final da Libertadores.

O JOGO

Desde o primeiro segundo de jogo do primeiro tempo, a torcida "xeineze" empurrou o time argentino e com uma pressão incrível assustou por demais o Athletico. Com extrema velocidade e com marcação alta, o Boca não esperou o primeiro minuto para invadir a área atleticana. Os ataques eram tantos que iam se acumulando - bem ao estilo do ditado que diz: "Água mole em pedra dura bate tanto até que fura". Nessa pressão total, com a Bombonera lotada, Nández perdeu chance incrível quando ficou de cara com o goleiro do "furacão" - o chute foi certeiro, mas Marcio Azevedo se colocou a frente e salvou o time brasileiro. As chances argentinas seguiam e perto do fim do primeiro tempo a bola só não entrou porque Pedro Henrique não deixou. Após uma cabeçada a queima-roupa de Capaldo, Santos defendeu, mas a sobra bateu em Léo Pereira e voltou para o gol e o parceiro de zaga salvou, tirando a bola em cima da linha. Assim foi até o apito final da primeira etapa.

Ábila marcou o primeiro gol do Baca Juniors sobre o Furacão - logo no início da etapa complementar.Ábila marcou o primeiro gol do Baca Juniors sobre o Furacão - logo no início da etapa complementar.

O segundo tempo inicia e o Boca segue dominando o duelo, sendo ofensivo, enquanto o time brasileiro não sabia o que fazer. Marco Ruben quase não apareceu, Cirino então sumiu da partida e Rony errando muito defendia os problemas do Athletico. Com um jogo de ataque versos defesa o gol do Boca não demorou muito para sair. Aos 11 minutos da etapa complementar, Ábila recebeu o lançamento do goleiro Andrada, dominou e mandou um chute sem chances para o arqueiro do furacão - 1 a 0 Boca. Com o placar adverso, o Athletico meteu muitos atacantes em busca da reação, só que o gol foi mais uma vez do time da casa, quase no final da partida, com Salvio ampliando a vantagem argentina e garantindo a classificação do time da casa as quartas de final da competição - 2 a 0 Boca - apito final e adeus do Athletico da Libertadores 2019.

Veja abaixo os demais confrontos das oitavas de final da Libertadores:

Libertadores - Resultados Semifinais
01/10 - 21:30 - Monumental de Núñez RIV Club Atlético River Plate 2 X 0 Club Atlético Boca Juniors BOC 02/10 - 21:30 - Arena Grêmio GRE Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense 1 X 1 Clube de Regatas do Flamengo FLA 22/10 - 21:30 - La Bombonera BOC Club Atlético Boca Juniors X Club Atlético River Plate RIV 23/10 - 21:30 - Maracanã FLA Clube de Regatas do Flamengo X Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense GRE
TABELA COMPLETA

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal