Com gol no fim, Athletico-PR é derrotado pelo Boca Juniors, pela Libertadores

Com gol no último minuto, Boca Juniors venceu e se classificou em primeiro lugar no grupo G. Athletico ficou na segunda colocação e pode enfrentar um time brasileiro nas oitavas.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Boca Juniors e Athletico-PR entraram em campo na noite da última quarta-feira, no estádio La Bombonera, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com atuação muito segura, o time brasileiro dominou a partida mesmo fora de casa, mas o nervosismo no fim da partida decretou a derrota por 2x1.

Para a partida, o Boca Juniors foi escalado com: Andrada no gol; Buffarini, Isquierdoz, López e Más na defesa; Marcone, Nández, Villa e Almendra no meio campo; Benedetto e Zarate no ataque.

Já o Athletico-PR, foi escalado pelo técnico Thiago Nunes com: Santos no gol; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi na defesa; Wellington, Léo Cittadini, Nikão e Lucho González no meio campo; Marco Rúben e Rony no ataque.

PRIMEIRO TEMPO

A esperada pressão inicial dos donos da casa foi facilmente controlada e abafada pelo time brasileiro. Com boa posse de bola, o Furacão não se intimidou e tentou comandar as ações da partida na primeira etapa. A chance mais perigosa do Boca Juniors aconteceu com Benedetto, que tentou marcar de letra, mas Santos defendeu. Depois disso, o Athletico esteve muito confortável em campo, e a grande atuação do atacante Rony fez com que a equipe tivesse bom ímpeto ofensivo. Benedetto teve que ser substituído antes do fim do primeiro tempo, acusando dores musculares; Ábila entrou em seu lugar. 

Partida foi muito disputada na primeira atapa. (Foto: Athletico Paranaense)Partida foi muito disputada na primeira atapa. (Foto: Athletico Paranaense)

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o jogo melhorou, e ambas as equipes tiveram mais coragem para atacar. Entretanto, quem saiu na frente foi o time brasileiro, com Marco Rúben, que aproveitou indecisão da zaga adversária e, de peixinho, anotou o gol do Furacão na Argentina, aos 19 minutos.  O time argentino reagiu rápido, e após cruzammento na área, López empurrou para as redes, aos 25 minutos. O gol de emapte fez o Athletico ficar claramente nervoso em campo, e a expulsão de Wellington,aos 33 minutos, após entrada criminosa em Tévez, que pouco antes tinha entrado em campo, fez a partida ficar sob o domínio total do Boca Juniors. Tanta pressão resultou no segundo gol, marcado por Tévez, aos 48 minutos, após bate-rebate na área.

Tévez marcou o gol do Boca Juniors, aos 48 minutos. (Foto: GE)Tévez marcou o gol do Boca Juniors, aos 48 minutos. (Foto: GE)

Com o resultado, o Boca Juniors assumiu a liderança do grupo G da Libertdores, com 11 pontos. O Athletico ficou na segunda colocação, com 9 pontos.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal