Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro definem a sua trajetória na Libertadores nesta quarta-feira

Brasileiros definem as suas trajetórias na competição continental nesta quarta-feira. Flamengo entra ameaçado, Palmeiras tranquilo, e o Cruzeiro com possibilidade de fazer história. Confira!

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, três equipes definem as suas trajetórias nesta quarta-feira. Palmeiras, Flamengo e Cruzeiro se despedem da fase de grupos da competição continental em situações completamente distintas.

FLAMENGO

O Flamengo, mesmo líder do grupo D, com 9 pontos, é quem tem a situação mais complicada. O time carioca enfrenta o Peñarol, fora de casa, e pode até empatar para se manter vivo na Libertadores. Entretanto, a pressão é gigante para os jogadores, diretoria e comissão técnica.

A partida de hoje à noite pode definir o futuro de Abel Braga. Sua permanência será quase insustentável em caso de eliminação, e membros da oposição já começam a discutir possíveis nomes para substituir o experiente treinador. Líder do Grupo D, com os mesmos 9 pontos do Peñarol, o Flamengo depende das próprias forças para avançar, mas uma derrota pode custar caro. Em caso de vitória da LDU sobre o San José, em Quito, o Rubro-Negro estará eliminado precocemente se perder no Uruguai. A partida terá início às 21h30.

Abel Braga já tem seu trabalho contestado por parte dos membros do Flamengo. (Foto: Divulgação)Abel Braga já tem seu trabalho contestado por parte dos membros do Flamengo. (Foto: Divulgação)

PALMEIRAS

O Palmeiras entra em campo contra o San Lorenzo, em casa, para decidir a liderança do grupo F da competição. Ambas as equipes estão classificadas, mas a equipe brasileira busca a vitória para obter vantagem nas próximas fases, para inclusive, poder decidir os duelos em casa.

Para isso, o técnico Luis Felipe Scolari ainda faz mistério sobre uma possível escalação para a partida de hoje à noite, mas uma provável formação deve ter: Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis (Diogo Barbosa); Felipe Melo e Bruno Henrique; Dudu, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Borja.

O time de Felipão tem hoje a terceira melhor campanha geral da fase de grupos da Libertadores, atrás de Cruzeiro e Internacional. A partida terá início às 21h30.

Palmeiras enfrenta o San Lorenzo, em casa. (Foto: Yahoo)Palmeiras enfrenta o San Lorenzo, em casa. (Foto: Yahoo)

CRUZEIRO

Já o Cruzeiro, entra em campo diante do Emelec, no Mineirão, apenas para garantir a primeira colocação geral da Libertadores. Um empate já garante o time de Mano Menezes com vantagem de decidir em seu estádio todas as eliminatórias até as semifinais (lembrando que a final será em jogo único, no Chile). A partida será as 19h15.

Para isso, o time mineiro deve ter algumas modificações, e alguns jogadores como Dedé, Fred e Dodô devem ser poupados. Com isso, o Cruzeiro deve ir a campo com: Fábio no gol; Edílson, Fabrício Bruno, Léo e Egídio na defesa; Henrique, Lucas Romero e Rodriguinho no meio campo; Robinho, David e Sassá no ataque.

Cruzeiro pode fazer história nesta noite, diante do Emelec. (Foto: Fox Sports)Cruzeiro pode fazer história nesta noite, diante do Emelec. (Foto: Fox Sports)

Se vencer o Emelec e não tiver a meta do goleiro Fábio vazada, o Cruzeiro pode se tornar o primeiro time da história da Libertadores a terminar a fase de grupos com 100% de aproveitamento sem sofrer gols. Das equipes que venceram os seis jogos da etapa classificatória, nenhuma delas passou sem ter a meta vazada. O Santos, em 2007, sofreu um gol, o Boca Juniors, em 2015, levou dois, e o Vasco, em 2001, tomou cinco gols. A melhor campanha da história é do Boca, que no ano de 2015 terminou com 18 pontos e 17 de saldo.

 

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal