Tudo dava a crer de que seria mais um capítulo da reação do Atlético-MG na Copa Libertadores da América. Após vencer o Zamora na última rodada, o time mineiro simplesmente foi atropelado pelo Cerro Porteño, fora de casa, e vive situação extremamente delicada na competição continental.

Para a partida, o técnico do Cerro Porteño escalou o time com: Muñoz no gol; Escobar, Marcos Cáceres, Amorebieta e Acosta na defesa; Aguillar, Victor Cáceres, Villasanti, Fede Carrizo e Larrivey no meio campo; Valdez no ataque.

Já o Atlético-MG, foi escalado pelo técnico Levir Culpi com: Victor no gol; Fábio Santos, Leonardo Silva, Igor Rabello e Guga na defesa; Adilson, Elias, Cazares, Luan e Maicon Bolt no meio campo; Ricardo Oliveira no ataque.

PRIMEIRO TEMPO

Com 1 minuto de jogo, os donos da casa assustaram com Escobar, que cruzou fechado e assustou o goleiro Victor. Com 18 minutos, o time brasileiro abriu o placar com Ricardo Oliveira, que aproveitou cruzamento de Luan, e empurrou para as redes. Depois do gol, o time mineiro simplesmente apagou em campo e foi atropelado pelos paraguaios. Com 30 minutos, Acosta cobrou falta rasteira, a bola desviou em Ricardo Oliveira e enganou Victor, que tomou o gol de empate. 3 minutos depois, os paraguaios viraram o jogo, quando Carrizo tabelou com Acosta e chutou muito forte, para anotar o segundo gol. Com 35 minutos, Fábio Santos errou na saída de bola e deixou Victor Cáceres cortar e bater forte, para fazer o terceiro gol do Cerro. Com 43 minutos, Victor falhou miseravelmente e a bola sobrou para Larriey apenas empurrar para o gol.

SEGUNDO TEMPO

No primeiro lance da segunda etapa, o time paraguaio quase marcou o quinto gol, mas a trave evitou o gol de Larrivey. Com 19 minutos, Valdez fez boa jogada, mas Victor salvou o pior. Aos 42 minutos, o Galo tentou diminuir quando Adilson tocou para Maicon Bolt, que cabeceou bonito, para a defesa do goleiro Muñoz.

Com a derrota, o time brasileiro precisa de uma combinação de resultados absurda para se classificar. Confira a classificação do grupo E da Copa Libertadores:

1º- Cerro Porteño: 12 pontos

2º-Nacional (URU): 9 pontos

3º- Atlético-MG: 3 pontos

4º- Zamora (VEN): 0 pontos