Em uma semana bastante decisiva para as equipes brasileiras na Libertadores, como vêm os adversários para esses confrontos? Os sete rivais das equipes brasileiras nesta semana vivem momentos distintos - desses, apenas três conseguiram vencer suas últimas partidas.

Libertadores - 2019.
Libertadores - 2019.

Começamos com o confronto entre:

Internacional x Palestino (Inter é líder no Grupo A, com 7 pontos) - terça-feira - Beira-Rio, às 21h30:

Após vencer o Alianza Lima pelo torneio sul-americano, o time chileno no torneio nacional viu a vitória no último confronto diante do O’Higgins escapar no minuto final da partida. Neste duelo que acabou com o empate em 1 a 1, o zagueiro - Luis Del Pino e os volantes - Agustín Farías e Cristóbal Jorquera, sequer foram relacionados para o jogo. Desses três, apenas Jorquera não deverá encarar o Colorado, em Porto Alegre, nesta próxima terça-feira. O destaque nos dois últimos jogos do time chileno foi o argentino Lucas Passerini, que deixou a sua marca contra o Alianza Lima e também diante do O’Higgins. Também nos três últimos jogos, o Palestino obteve uma vitória (Alianza Lima), um empate (O’Higgins) e uma derrota (Audax Italiano) - destes, duas derrotas pelo Campeonato Chileno e uma vitória na Libertadores.

Cruzeiro x Huracán (Cruzeiro é líder no Grupo B, com 9 pontos) - quarta-feira - Mineirão - às 19h15:

O Huracán chegará ao Mineirão com uma quebra "positiva", onde no último domingo após uma série invicta de 11 jogos perdeu - o time argentino de Lucas Barrios - ex-Palmeiras e Grêmio foi derrota pelo Deportivo Lara (em crise) pela Libertadores, mas tudo ficou em ordem com a vitória por 2 a 0 sobre o Atletico Tucumán, pelo Campeonato Argentino. O artilheiro do time argentino é Lucas Gamba, com seis gols.

Flamengo x San José (Flamengo é vice-líder no Grupo D, com os mesmos seis pontos do Peñarol) - quinta-feira - Maracanã - às 21h:

A equipe do San José chega ao Brasil para encarar o Flamengo nesta próxima quinta-feira vivendo momentos distintos. O primeiro é a ameaça de greve dos jogadores nesta última semana, depois do empate em 3 a 3 com a LDU. Os jogadores estão com dois meses de salários e premiações atrasadas. O segundo foi a vitória por 3 a 2 neste domingo, depois da promessa do presidente do clube em acertar os valores até essa segunda-feira - o San José nos últimos três jogos venceu um (Bolívar), empatou outro (LDU) e perdeu outro (Nacional Potosí). O artilheiro do time é Saucedo.

Cerro Porteño x Atlético-MG (O galo mineiro é o terceiro colocado no Grupo E, com apenas três pontos, seis atrás do próprio Cerro - líder) - quarta-feira - La Olla Azulgrana - às 19h15:

O Cerro que é líder no Grupo E da Libertadores também vai bem em casa. Atualmente é o vice-líder do Campeonato Paraguaio - Apertura. O time adversário do Galo na próxima quarta-feira venceu seu último jogo, no sábado por 2 a 0 sobre o General Díaz com apenas quatro titulares em campo: o goleiro Muñoz, o zagueiro Cáceres e os meias Óscar Ruiz e Juan Aguilar. Nos últimos 17 jogos, o Ciclon, como é conhecido o Cerro Porteño no Paraguai, venceu 12 partidas. Nas últimas três partidas venceu duas e perdeu apenas uma - para o Libertad. O artilheiro do time é Joaquin Larrivey.

Palmeiras x Junior Barranquilla (O verdão é vice-líder no Grupo F, com seis pontos - um a menos que o San Lorenzo) - quarta-feira - Arena Palmeiras - às 21h30:

O Junior Barranquilla parece dois times - o do Campeonato Colombiano e o da Libertadores - em casa, no campeonato nacional o time colombiano está invicto, na vice-liderança, mas na Libertadores não podemos dizer o mesmo - no grupo ele é o lanterna, com nenhum ponto somado até aqui. A equipe nos últimos nove jogos tem apenas uma vitória - dos últimos três jogos, dois empates e uma derrota - para o Melgar na Libertadores. O artilheiro do time é Hinestroza.

Athletico x Tolima (O clube paranaense é o líder no Grupo G, com seis pontos) - terça-feira - Arena da Baixada - às 19h15:

Sem jogo no final de semana, o Tolima chega a Curitiba descansado e preparado para o confronto com o Athletico-PR. A última partida do Tolima terminou empatada em 2 a 1 contra o Jorge Wilstermann, pela Libertadores. O time adversário do Furacão chega com dois desfalques para o duelo desta terça-feira, são eles: Banguero - lateral-esquerdo e Albornoz - atacante. Nos últimos três jogos o Tolima empatou duas e venceu uma - diante do Atlético Nacional pelo Campeonato Colombiano. O artilheiro da equipe é Marco Pérez.

Grêmio x Rosario Central (O Tricolor Gaúcho é o terceiro colocado no Grupo H, com apenas um ponto, o que deixa na pressão para classificar; o Grêmio precisa vencer todos os seus jogos de agora em diante na fase de grupos se quiser passar de fase) - quarta-feira - Arena Grêmio - às 21h30:

O Grêmio não podia pedir um adversário melhor para iniciar sua recuperação na Libertadores. O Rosario Central perdeu para o Independiente por 2 a 1, no Gigante Arroyito e se despediu de forma vergonhosa do Campeonato Argentino. Em 26 jogos, 11 foram de derrotas no torneio nacional - a equipe argentina tem apenas uma vitória nas últimas 16 partidas. Dos últimos três jogos o Rosario Central perdeu dois (um pela Libertadores e outro pelo Campeonato Argentino) e venceu um (diante do Argentinos Juniors). O artilheiro do time é Zampedri.

Abaixo veja a tabela completa dos jogos desta semana: