Vencer ou vencer. Este é o lema adotado pelo elenco gremista às vésperas da decisão contra a Universidad Católica, do Chile, em partida válida pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com 1 ponto conquistado em duas rodadas, o tricolor precisará da vitória se quiser se manter vivo na competição continental.

Para isso, o técnico Renato Portaluppi deve mandar a campo uma equipe um pouco modificada, e algumas novidades no time titular não irão ser surpresas. Sendo assim, o time do Grêmio deve ser:

Paulo Victor no gol; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez na defesa; Maicon, Matheus Henrique, Luan, Éverton e Alisson no meio campo; André no ataque. 

Em busca de um meio campo equilibrado, Alisson deve ganhar a vaga no time titular. Jogador de confiança do treinador, o jogador gremista está recuperado de lesão, e deve ter a preferência.

Já a Universidad Católica, adversário da noite, deve entrar com uma escalação bastante ofensiva. Segundo colocado do grupo, com 3 pontos em duas rodadas, o time chileno precisa de uma vitória para encaminhar a sua classificação para as oitavas de finais. O técnico Gustavo Quinteros aposta no fator casa para sair vencedor no duelo de hoje à noite.

Com isso, o time chileno deve ir a campo com: Dituro no gol; Magnasco, Lanaro, Kuscevic e Cornejo na defesa; Fuentes, Aueed e Pinares no meio campo; Puch, Fuenzalida e Sáez no ataque.

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta quarta-feira, o atacante Éverton comentou sobre o que espera do time chileno, e sobre a postura do Grêmio neste jogo tão importante: