Mesmo após estar vencendo o duelo diante de um River Plate pelo placar de 2 a 0 e em pouco mais de 45 minutos ceder o empate, em pleno Beira-Rio; o torcedor Colorado não pode sair por aí dizendo que o placar final do jogo válido pela terceira rodada do Grupo A da Libertadores foi de todo ruim! Pois não foi pelo retrospecto das duas equipes, visto que o Colorado encarou de igual para igual o atual Campeão da Libertadores e por muito pouco não tirou dele três pontos.

Com um estádio lotado, onde mais de 47 mil pessoas assistiram ao confronto entre Internacional x River Plate, pela Libertadores, em Porto Alegre - recorde de público no Beira-Rio após a reforma para a Copa do Mundo de 2014; puderam esses desfrutar de um grande jogo.

Mesmo com o empate tendo um gostinho "amargo", como já tentamos dizer acima, não foi de todo ruim, pois o ponto conquistado dentro do Beira-Rio, nesta última quarta-feira, fez o Inter chegar a sete pontos na competição e a manter uma distância segura sobre o segundo colocado - o Palestino, adversário da próxima semana, na quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, em Porto Alegre, às 21h30, onde o time comandando por Odair Hellmann já poderá contar com a presença de Paolo Guerrero, dando assim ao ataque colorado uma força ainda maior e ao torcedor, uma esperança a mais de gols - gols esses que serão fundamentais na busca de mais uma vitória no torneio - vitória essa que será importante dentro da própria casa em busca da vaga as oitavas de final da competição sul-americana.

Os gols da partida foram marcados por Nico Lópes e Edenílson (Internacional) e Lucas Pratto e De La Cruz (River Plate).

O River Plate com o empate nesta última quarta-feira diante do Inter, em Porto Alegre, permaneceu na terceira colocação, com três empates seguidos na Libertadores, onde na próxima quinta-feira na Argentina, recebe o Alianza Lima - lanterna do Grupo A, com apenas 1 ponto, em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos do torneio.