San Lorenzo e Palmeiras entraram em campo na noite da última terça-feira, em um duelo que prometia pegar fogo. Poupando cinco titulares, o time de Luis Felipe Scolari sofreu com o ritmo intenso do adversário, e acabou sendo derrotado por 1x0.

O San Lorenzo foi escalado com: Monetti no gol; Herrera, Colloccini, Senesi e Victor Salazar na defesa; Loaiza, Román Martínez e Castellani no meio campo; Juan Salazar, Blandi e Reniero no ataque.

Já o Palmeiras, foi a campo com: Weverton no gol; Marcos Rocha, Gustavo Goméz, Antônio Carlos e Diogo Barbosa na defesa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés no meio campo; Felipe Pires, Dudu e Deyverson.

PRIMEIRO TEMPO

Jogando em casa, o San Lorenzo teve mais posse de bola, mas não conseguiu criar muitas chances, pois o Palmeiras fez uma boa atuação na parte defensiva. A melhor chance do primeiro tempo foi dos donos da casa, quando Castellani aproveitou falha da defesa brasileira e acertou o travessão. A resposta do Palmeiras foi com Moisés, que acertou bela bicicleta após cruzamento de Deyverson. 

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou mais leve, porém perdeu poder de marcação no meio campo. A fragilidade ofensiva foi confirmada com o gol de Herrera, aos 6 minutos. Depois do gol dos argentinos, o Verdão tomou coragem e se lançou ao ataque, mas sem muito perigo. Através de bolas longas, ou de arremessos laterais dentro da área. No final, o time brasileiro chegou com perigo após escanteio, mas a cabeçada de Gustavo Goméz foi salva pelo goleiro Monetti.

Com o resultado, o Palmeiras caiu para a segunda colocação no grupo F, ficando atrás do próprio San Lorenzo. Próxima partida do time brasileiro é contra o São Paulo, em casa, pela semifinal do campeonato paulista.