Ricardo Oliveira chega ao TOP 10 dos maiores artilheiros brasileiros na Libertadores

Com os dois tentos marcados diante do Danubio, o “camisa 9” do Galo Mineiro chegou agora a 16 gols em cinco participações na “Copa Libertadores”, se igualando a Jardel e Zico, que tem os mesmos gols marcados na competição sul-americana.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mesmo não conseguindo ver sua equipe sair vencedora no primeiro confronto válido pela segunda fase da "Pré-Libertadores" diante do Danubio - do Uruguai, Ricardo Oliveira teve uma noite especial nesta última terçaRicardo Oliveira foi o nome do Galo diante do Danubio, em Montevideu, pela Libertadores.Ricardo Oliveira foi o nome do Galo diante do Danubio, em Montevideu, pela Libertadores.-feira, em Montevidéu.

Autor dos dois gols no empate em 2 a 2 do Atlético-MG diante do adversário uruguaio, Ricardo Oliveira entrou para a história da competição, entre os 10 maiores artilheiros brasileiros na Libertadores.

Com os dois tentos marcados nesta última terça-feira, o "camisa 9" do Galo Mineiro chegou agora a 16 gols em cinco participações na "Copa Libertadores", se igualando a Jardel e Zico, que tem os mesmos gols marcados na competição sul-americana.

Mas nem todos esses gols foram marcados com a camisa do time mineiro, 12 desses foram anotados quando o atacante ainda vestia a camisa do Santos - dois quando ele defendia o São Paulo e mais dois agora, aí sim com a camisa do Atlético-MG.

Em sua primeira partida jogando em Montevideu, Ricardo Oliveira atuando pelo Santos também marcou duas vezes - na ocasião, o clube brasileiro também deixou o Uruguai com um empate; o placar na época foi 4 a 4 contra o Nacional, em partida válida pelas oitavas de final da Libertadores de 2003.

Já em 2019, com os dois gols marcados nesta última terça-feira, o atacante do Galo chegou a sete gols anotados na temporada, o que dá a ele uma média de 1,75 gols por jogo, o que o faz comemorar essa excelente fase, como ele mesmo destacou em sua entrevista após a partida diante do Danubio.

"Acredito que individualmente, eu posso estar sim satisfeito. São dois gols nessa Pré-Libertadores; gols que ajudam a equipe a somar, o que nos dá uma vantagem. Mas meu trabalho, minha função dentro do time é procurar concluir bem as jogadas que a gente vem criando. Nesse início de ano estou conseguindo fazer bem meu trabalho", declarou ele.

Abaixo confira o TOP 10 dos artilheiros brasileiros na Libertadores:

1º - Luizão - 29 gols;

2º - Palhinha - 25 gols;

3º - Célio - 22 gols;

4º - Jairzinho - 21 gols;

5º - Guilherme - 19 gols;

6º - Marcelinho Carioca e Tita - 18 gols;

8º - Pelé e Robinho - 17 gols;

10º - Zico, Jardel e Ricardo Oliveira - 16 gols.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal