A derrota que virou classificação. Essa é a história do Palmeiras nesta última quinta-feira, que jogando sua vida pelas oitavas de final da Libertadores, sofreu com seus erros e tirou da derrota diante do Cerro Porteño, na Allianz Arena, a lição do que deverá mudar para a continuidade da competição.

O que era para ser um duelo de baixo risco - visto que o Palmeiras havia vencido o jogo de ida das oitavas de final da Libertadores por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño, fora de casa, se transformou em uma batalha de nervos nesta última quinta-feira, em São Paulo. Tudo isso graças à expulsão de Felipe Melo, logo aos 3 minutos de jogos.

Com um a menos praticamente o jogo inteiro, o duelo foi quente, tanto que teve 11 minutos de acréscimos no final da partida - que ainda teve mais dois expulsos nos minutos finais do confronto entre brasileiros e paraguaios (Deyverson - Palmeiras e Marcos Cáceres - Cerro).

Mesmo contanto com um a mais em campo, o Cerro Porteño só chegou ao gol da vitória por acaso, no início da etapa complementar. O lateral Arzamendia tentou cruzar e acabou mandando a bola direto para os fundos das redes do goleiro Weverton, que também colaborou no lance. 1 a 0 Cerro Porteño - placar final.

Com a vantagem no jogo (pois ainda precisavam de um gol para levar a decisão para os pênaltis, no mínimo) o time paraguaio foi para cima, dominando a posse de bola, entretanto sofreram para achar espaço na defesa brasileira, que organizada e empurrada pela torcida conseguiu aguentar a pressão até o fim e assim garantir a classificação do Palmeiras para as quartas de final da Libertadores.

Com a classificação o clube brasileiro agora irá encarar o Colo-Colo, do Chile, que eliminou o Corinthians na última quarta-feira. O primeiro duelo entre as duas equipes será em Santiago, já a volta será em São Paulo.

O confronto entre Colo-Colo x Palmeiras terá um tempero a mais, pois o Verdão irá enfrentar pela primeira vez após a sua saída, um dos ídolos palmeirenses - falo de Valdívia, que prometeu comemorar se marcar diante do seu ex-clube.