Em um jogo cheio de emoções, o Cruzeiro garantiu o primeiro lugar no Grupo 5, da Libertadores da América ao bater o Racing pelo placar de 2 a 1, no estádio Mineirão. Os gols da Raposa foram marcados por Thiago Neves e Lucas Silva; Centurión descontou para os "hermanos".

Com a vitória, o Cruzeiro termina a fase de grupos com 11 pontos e na liderança de sua chave - levando uma grande vantagem para a fase de mata-mata, onde a partir das oitavas de final poderá decidir os confrontos diante de sua torcida, no jogo da volta. Por sua vez, o Racing terminou em segundo lugar, com os mesmos 11 pontos, mas perdendo nos critérios de desempate. O Vasco ficou em terceiro - fora da próxima fase da Libertadores, o time brasileiro se classificou para a Copa Sul-Americana. Na lanterna ficou o Universidad de Chile.

Como falamos no início da matéria, a partida entre brasileiros e argentinos pode ter sido a última do uruguaio Arrascaeta com a camisa do Cruzeiro e logo em sua "despedida", o meia-atacante perdeu uma incrível oportunidade de se despedir com um gol. O jogador recebeu a bola de Henrique e invadiu a área e de cara com o goleiro adversário perdeu a bola ao tentar driblá-lo.

Arrascaeta agora se junta à seleção de seu país para o Mundial, da Rússia e com duas ofertas do "Velho Continente", o atleta pode não voltar mais a Toca da Raposa II ao final da Copa do Mundo - por esse motivo o jogo da noite passada pode ter sido o seu último com a camisa celeste do clube brasileiro.