Univesidad de Chile demite treinador após fiasco na Libertadores

“A noite foi longa, com reuniões e a decisão de desligar e dispensar os serviços de Guillermo Hojo foi totalmente minha", diz presidente do clube chileno.

Por
Compartilhe

Após ver seu time ser humilhado pelo Cruzeiro na última quinta-feira, pela Libertadores da America, Guillermo Hoyos – técnico da Universidad de Chile é demitido ainda em Belo Horizonte, após o apito final na vitória de 7 a 0 para o “Celeste” de Minas.

Guillermo Hoyos - ex-técnico do Universidad de Chile.Guillermo Hoyos - ex-técnico do Universidad de Chile.

Ao final da partida vexatória de seu time, o presidente da Universidad de Chile, Carlos Heller, não esperou o seu elenco desembarcar eu seu país para comunicar sua decisão. No lugar de Guillermo Hoyos, assume o cargo interinamente os auxiliares Esteban Valencia e César Henríquez.

Em entrevista coletiva, já no Chile, o presidente do clube, Carlos Heller declarou que foi uma noite longa com muitas reuniões e que decidiu demitir o técnico na hora.

“A noite foi longa, com reuniões e a decisão de desligar e dispensar os serviços de Guillermo Hojo foi totalmente minha. Ninguém queria estar nesta situação, é muito complicado para todos. São momento difíceis. Sabemos que, com esses resultados, seria insustentável segurá-lo”, declarou Heller.

Na partida que culminou com a vitória por 7 a 0 do clube brasileiro, o time chileno teve dois jogadores expulsos na noite desta quinta-feira. Vilches, aos 42 minutos da etapa inicial e Echeverría, aos três minutos da etapa complementar.

Com os mesmos cinco pontos que o Cruzeiro, a Universidad de Chile ocupa atualmente a terceira colocação do Grupo 5 devido ao saldo de gols. No mesmo grupo, o Racing, da Argentina é o líder, com oito pontos conquistados e na lanterna aparece o Vasco, com apenas dois pontos conquistados em quatro rodadas disputadas.

A Universidad de Chile volta a campo pela competição sul-americana já na próxima semana, quando na quinta-feira, as 19h15, irá encarar fora de casa o Racing, já um dia antes, o Vasco recebe o Cruzeiro no São Januário, as 21h45.

Comentários