Não foi a noite de Gabigol e companhia na estreia da Libertadores. O time de Jair Ventura teve a estratégia desmontada já no início de jogo e foi derrotado pelo Real Garcilaso por 2-0 em Cusco, no Peru. Os gols foram marcados por Jhonny Vidales e Alfredo Ramúa.

O Jogo

A confiança era grande para estrear com o pé direito, no entanto, o Santos não esperava que - com o pé direito de Jhonny Vidales - toda a estratégia para o jogo fora de casa fosse rasgada pelo adversário. Logo aos 8 minutos do primeiro tempo, o Real Garcilaso abriu o placar depois de cruzamento pela esquerda e conclusão de Vidales.

Era preciso então superação para vencer os donos da casa, mas o que se viu foi mais e mais chances disperdiçadas pelo adversário. Em uma das poucas chances do Peixe, Eduardo Sasha encontrou Gabigol livre na área, mas desequilibrado, o atacante chutou fraco e viu o zagueiro afastar próximo do gol. No mais, o goleiro Vanderlei e a falta de pontaria impediram que o placar ficasse maior ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa o panorama permaneceu o mesmo, com diversas chances criadas, o Real Garcilaso parou nas excelentes defesas de Vanderlei.

O Santos teve a chance de empatar com Vecchio, depois de nova jogada de Eduardo Sasha, o argentino beteu forte por cima do gol. Como recompensa, aos 44 minutos do segundo tempo, Ramúa bateu de fora da área e marcou um golaço - a bola ainda bateu no travessão e no chão, gerando dúvidas entre os jogadores do Santos.

Próximos confrontos

Apesar da derrota, o Santos precisa se reerguer, afinal, joga o clássico contra o Corinthians no próximo domingo. Pela Libertadores, a próxima partida será contra o Nacional do Uruguai.

LibertadoresFinal
11/11 - 17:00 - La Bombonera
BOC 2 x 2 RIV
09/12 - 17:30 - Santiago Bernabéu
RIV 3 x 1 BOC
Ver tabela completa