Lewis Hamilton se torna co-proprietário de time tricampeão do Superbowl

O maior campeão de Fórmula 1, o heptacampeão, Lewis Hamilton, voltar a ser notícia fora das pistas. Desta vez, o seu lado empreendedor “chocou” o mundo após o acordo com um time da NFL. Em suma, o inglês se mostrou muito feliz com a sua escolha e espera melhorar a equipe ao longo dos próximos anos.

Como o heptacampeão da Mercedes comprou um time da NFL?

Acima de tudo, Hamilton virou co-proprietário do Denver Broncos, equipe tricampeã do Superbowl nos anos de 1998, 1999 e 2016.

“Estou empolgado para ingressar nesse grupo de proprietários e me tornar parte da história dos Broncos. Honrado por trabalhar com um time de nível mundial e servir de exemplo de valor de uma liderança mais diversificada em todos os esportes”, comentou o piloto da Mercedes.

Essa negociação teve uma ação com o grupo Walton-Penner Family Ownership. Assim, por meio de um comunicado, Rob Walton, futuro dono dos Denvers, exaltou a chegada do heptacampeão de Fórmula 1.

Vale destacar que o acordo gira em US$ 4,65 bilhões (cerca de R$ 24,3 bilhões) para vender o clube aos herdeiros do Walmart, como Walton. Ainda nesta semana, a oferta deve ser aprovada pelo comitê financeiro da NFL, última etapa para sacramentar o negócio.

É com satisfação que damos as boas-vindas ao heptacampeão mundial de Fórmula 1, Sir Lewis Hamilton, ao nosso grupo proprietários. Ele é um competidor condecorado, que sabe o que é necessário para liderar um time vitorioso e que defende causas globais de igualdade, inclusive no meio esportivo. Com mais de 100 corridas na carreira, Lewis é considerado o mais bem sucedido piloto de todos os tempos. O seu espírito de resiliência e seu padrão de excelência serão um trunfo para o grupo e para o Broncos“, comentou Rob Walton no comunicado da parceria.

Lado empreendedor de Lewis Hamilton

Essa não é a primeira vez que Lewis Hamilton busca empreender dentro do esporte. Por conta da Guerra entre Rússia x Ucrânia, o Chelsea, que tinha Roman Abramovich como seu dono, teve que vender os Blues.

O heptacampeão apesar de torcer para seu maior rival, o Arsenal, buscou informações junto com a tenista Serena Williams para serem donos da equipe azul de Londres. Em suma, na época, ambos se comprometeriam a investir 10 milhões de libras (cerca de R$ 60 milhões), cada um, mas o negócio acabou não dando certo.

Foto Destaque: Divulgação / Edição de Bruno Gabriel

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero [...]