Juventus anuncia mais um reforço para a temporada

Spinazzola antes de retornar a Turim, passou além da Atalanta, por clubes como o Empoli, Virtus Lanciano, Siena, Vicenza e Perugia.

Por
Compartilhe

Depois de apresentar nada mais, nada menos que Cristiano Ronaldo, a Juventus anunciou nesta última quinta-feira a chegada de mais um reforço para a temporada – trata-se do meia Leonardo Spinazzola, que foi revelado justamente pelo time de Turim.

O meia Spinazzola é o segundo reforço confirmado pela Juventus, de Turim - o primeiro foi apenas Cristiano Ronaldo.O meia Spinazzola é o segundo reforço confirmado pela Juventus, de Turim - o primeiro foi apenas Cristiano Ronaldo.

Spinazzola que estava emprestado a cinco temporadas, finalmente recebe sua chance na “Velha Senhora”. Sua última equipe foi a Atalanta – também da Itália, onde realmente se destacou para o mundo do futebol, fazendo com que a direção da Juve desse a ele a chance tão esperada.

Em sua coletiva após o seu anúncio, o meia italiano destacou que está voltando ao lugar que sempre quis estar.

“A Juventus sempre foi o lugar onde eu queria estar realmente. Conheci o Allegri e vários membros da equipe durante uma pré-temporada aqui há cinco anos. Sinto que isso me dará vantagens em termos de adaptação”, declarou ele.

Em sua chance pela “Velha Senhora”, Spinazzola terá ao lado um companheiro mundialmente conhecido – que também foi recentemente contratado pelo clube italiano. O meia comentou em sua coletiva sobre o que viu de diferente na Juve neste período longe.

“A grande diferença é Cristiano Ronaldo, sem dúvidas. Quando saí, uma contratação como esse era uma coisa impensável por aqui”, finalizou ele.

O novo reforço da Juve não poderá entrar em campo de imediato, visto que ainda se recupera de uma cirurgia realizada em maio após romper o ligamento cruzado anterior, tendo condições de jogo somente em outubro ou novembro.

Spinazzola durante esse tempo que esteve longe de Turim, passou além da Atalanta, por clubes como o Empoli, Virtus Lanciano, Siena, Vicenza e Perugia.

Comentários