Buffon da "adeus" aos gramados

“É altruísta, carismático, ambicioso, transparente, honesto, amigo e capitão. Desceu ao inferno e foi ao paraíso. Seremos eternamente gratos a esse grande goleiro”, palavras do presidente da Juventus.

Por
Compartilhe

Agora é pra valer! Pelo menos é o que tudo indica. Buffon, goleiro de 40 anos, anunciou na manhã desta quinta-feira que entrará em campo no próximo sábado, para a sua última partida como profissional em sua longa e vitoriosa carreira como jogador de futebol.

Buffon ao lado do presidente da Juventus em seu anuncio de aposentadoria.Buffon ao lado do presidente da Juventus em seu anuncio de aposentadoria.

A partida de despedida de um “mito” debaixo das traves será pela última rodada do Campeonato Italiano, diante do Verona, no estádio da Juventus, em Turim. O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva nesta manhã, na sede da “Velha Senhora” onde ele – Buffon, anunciou que está deixando em definitivo o futebol profissional – pelo menos como jogador.

“Chegou o momento, lutei, tentei fazer o meu melhor. Sábado será minha última partida com a “Juve”. Creio que seja o melhor modo de terminar essa grande aventura: terminar com outras duas vitórias importantes. Meu medo era chegar ao fim a minha aventura com esse clube. Porém estou orgulhos ao chegar aos 40 anos e poder exprimir o meu melhor em campo, à altura do meu nome e da Juventus. Fico feliz por ser tão longevo com essa performance” declarou Buffon com a voz embargada em seu anúncio de despedida.

Após anunciar que está “pendurando” suas luvas, Gianluigi Buffon falou sobre seu futuro e que o mesmo começará a ser pensado a partir da próxima semana.

“Essa decisão começo a tomar na próxima semana, mas a proposta mais estimulante foi apresentada pelo presidente da Juve. Na próxima semana, após dois, três dias de pura reflexão, indicarei a vocês a minha decisão. Seguirei minha índole e natureza”, finalizou um dos maiores goleiros da história do futebol mundial.

Sobre o anúncio de Buffon, o presidente da Juventus, Andrea Agnelli deu seu depoimento:

“É altruísta, carismático, ambicioso, transparente, honesto, amigo e capitão. Desceu ao inferno e foi ao paraíso. Seremos eternamente gratos a esse grande goleiro”, declarou o mandatário.

Comentários