Com Rogério Ceni "muito" a perigo no cargo de treinador do Flamengo, Renato Portaluppi que surge como nome favorito a ocupar essa vaga em caso de demissão do profissional em questão; segundo informações vindas diretamente do Ninho do Urubu, indicam que o ex-treinador do Grêmio aceitaria reduzir seu salário para fechar com o Rubro-Negro.

Lembrando que por hora não existe nenhuma negociação em andamento; pelo menos são essas as informações, donde a direção do Rubro-Negro garante que Rogério Ceni é seu treinador.

Após a derrota do Flamengo para o Atlético-MG, na rodada passada, fizeram com que o nome de Portaluppi ganhasse ainda mais força entre parte da direção do clube carioca e pelos torcedores, que pedem a saída de Ceni imediatamente, através das redes sociais.

Renato aceita reduzir salário para comandar o Flamengo

Segundo o jornal "O Globo", Renato já indicou que aceitaria baixar seus valores para comandar o Flamengo, caso esse venha o procurar. Atualmente Rogério Ceni ganha cerca de R$ 500 mil mensais no Rubro-Negro - valor esse que seria a metade do que Renato Portaluppi recebia quando comandava o Grêmio.

Porém, como também já declaramos acima, por hora a direção do Flamengo se mantém firme com o atual treinador, mesmo após duas derrotas em sequência no Brasileirão 2021.

Próximo compromisso do Flamengo

O próximo jogo do Flamengo será no domingo, dia 11 de julho, diante da Chapecoense, no Rio de Janeiro, a partir das 18h15 (de Brasília), com transmissão ao vivo pelos canais Premiere para todo o Brasil (confira em outra matéria escrita neste site).