Edílson chega a Minas Gerais provocando o Atlético Mineiro

Como fazia no sul quando atuava pelo Grêmio, o lateral-direto Edílson chega ao Cruzeiro provocando o rival.

Por
Compartilhe

Ao desembarcar no aeroporto em Minas Gerais, Edílson chega provocando o Atlético Mineiro, quando diz estar feliz pela oportunidade de estar em Minas, “no maior de Minas”.

“A vontade do atleta sempre prevalece. Mas a vontade do Itair em me trazer pra cá, pra jogar neste grupo forte que o Cruzeiro está montando, foi fundamental. A vontade da diretoria foi fundamental para que eu viesse. Estou muito feliz pela oportunidade de esta aqui em Minas, no maior de Minas e assim poder fazer o meu melhor aqui”. Declarou Edílson em sua chegada a capital mineira.

Edílson diz que chega ao maior de Minas.Edílson diz que chega ao maior de Minas.

Edílson ainda destacou que sonha em ser campeão da Libertadores com o Cruzeiro, assim como foi com o Grêmio – vale lembrar que esse também é um dos objetivos da direção celeste para 2018. O Cruzeiro estreia na Libertadores no dia 27 de fevereiro, contra o Racing, na Argentina.

“Cara, eu sonho. Pude conquistar com meus ex-companheiros no Grêmio e espero poder repetir isso aqui. Sou muito grato a tudo que aconteceu comigo la em Porto Alegre. A torcida, presidente, jogadores. Conquistamos um título muito importante para a história do Grêmio. Estou vindo aqui para me juntar a esse elenco maravilhoso com uma responsabilidade muito grande, a de conquistar esse título novamente”. Declarou o mais novo reforço do Cruzeiro.

Pelo Grêmio, Edílson participou de 40 partidas, destas, em 37 oportunidades como titular, onde marcou quatro gols. Edílson assina com o Cruzeiro um contrato por três temporadas; em troca, o Cruzeiro cedeu o atacante Alisson ao “tricolor gaúcho”.

Mais sobre: jogadores edilson cruzeiro
Comentários