Alguém aqui se lembra de Abdelhak Nouri, jovem revelação do futebol holandês? Acredito que poucos. Pois bem, enquanto o mundo passa por uma terrível pandemia do "COVID-19", uma boa notícia surgiu meio a esse tormento nesta última quinta-feira.

Após dois anos e nove meses em coma - por consequência de uma arritmia cardíaca que lhe vitimou quando atuava em uma partida amistosa com a camisa do Ajax, o jovem Nouri despertou para o mundo novamente.

As primeiras informações a respeito disso foram dadas pelo irmão do jogador holandês, em entrevista a uma "TV" local. Nesta mesma, ele declarou que seu irmão ainda é muito dependente da família, mas que já está em casa.

Momento em que Nori é socorrido no gramado.
Momento em que Nouri é socorrido no gramado.

"Ele não está mais em coma. Dorme, come, franze a testa e até arrota de vez em quando, mas ainda é extremamente dependente de nós. Mas devo dizer que desde que voltou para casa, está indo bem melhor em sua recuperação do que no hospital", revelou o membro da família.

Conforme já declaramos aqui, Nouri sofreu uma arritmia cardíaca aos 20 anos, durante uma partida amistosa do Ajax diante do Werder Bremen, no dia 08 de julho de 2017. Na época, o atleta era considerado como uma grande promessa da nova geração do clube, mas teve que encerrar sua carreira de forma muito precoce.