Depois de viver um momento não tão legal em sua carreira "jogando" pelo Barcelona, Malcom que hoje defende as cores do Zenit, fala sobre sua saída do clube catalão e da nova vida na Rússia.

Em entrevista exclusiva para o "Marca" - jornal espanhol, o atacante brasileiro revelou o verdadeiro motivo de ter deixado a Cataluña; além disso, também revelou informações sobre a sua nova vida no país do Leste Europeu.

"Eu só queria jogar futebol, todos os jogadores profissionais querem jogar e o Zenit queria que eu jogasse e por esse motivo decidi deixar o Barcelona. Não tinha problemas no clube espanhol, não saí por problemas. Apenas queria jogar. Quero poder fazer história e ser ídolo aqui", revelou.

Malcom - atacante do Zenit - da Rússia.
Malcom - atacante do Zenit - da Rússia.

Mesmo hoje o Barcelona precisando de atacantes, Malcom não se diz arrependido de ter saído e ainda revela os seus objetivos.

"Estou com os pés no chão e só penso no clube onde estou. Ainda conhecendo cada dia mais os meus companheiros; tentando aprender russo para me comunicar, jogar e mostrar o porquê de estar aqui. Tenho cinco anos de contrato, quero ser campeão russo e voltar a jogar a Champions League na próxima temporada", finalizou.

Com novas lesões que já o atrapalhavam no Barcelona, o atacante brasileiro pouco jogou nesta temporada, onde atuou até agora em apenas duas partidas pelo Campeonato Russo. Mesmo tendo seguidas lesões, o jogador ainda sonha em voltar a ter ritmo de jogo e quem sabe, poder voltar a representar o Brasil - agora nos Jogos Olímpicos de Tóquio.