Follmann volta a treinar com bola após acidente com a Chapecoense

Goleiro envolvido em acidente com a Chapecoense na Colômbia participa de treino com bola nesta quinta-feira.

Por
Compartilhe

Após 356 dias do acidente com o vôo da LaMia que vitimou 71 pessoas, mais um dos seis sobreviventes deste trágico acidente aéreo volta a treinar com bola. Falo do goleiro Jackson Follmann, de 25 anos, que juntamente com Alan Ruschel e Neto, foram os únicos atletas do clube que sobreviveram ao trágico acidente do dia 28 de novembro de 2016.

Follmann volta a treinar com bola após sofrer grave acidente aéreo na Colômbia.Follmann volta a treinar com bola após sofrer grave acidente aéreo na Colômbia.

Follmann que teve uma das pernas amputadas poucos dias após a queda do avião, em Medellín, na Colômbia, participou nesta quinta-feira de um treinamento leve dos goleiros da Chapecoense. A sua volta foi registrada nas páginas oficiais do clube, tanto pelo Twitter quanto no Facebook, onde recebeu mais de mil curtidas e interações só nos cinco primeiros minutos das publicações.

Desde que saiu do hospital e teve sua recuperação plena, Follmann vem atuando como uma espécie de embaixador do clube de Santa Catarina. No mês de setembro último, o “goleiro” da “Chape” recebeu uma homenagem no Congresso Nacional.

Além de Follmann, outros dois jogadores que sobreviveram ao acidente aéreo que envolveu a o clube catarinense e repórteres, estão em condições de atuarem profissionalmente e até já haviam voltado a treinar. O lateral-esquerdo Alan Ruschel, desde setembro já disputou sete partidas oficiais com a camisa do clube, por sua vez, o zagueiro Neto que vem treinando normalmente como já haviamos descrito, ainda não tem um prazo de retorno aos gramados.

Mais sobre: follmann alan-ruschel neto
Comentários