Mohamed Salah não deverá permanecer no Liverpool na próxima temporada; pelo menos é essa a informação do jornal espanhol "AS" que divulgou nesta quinta-feira uma nota dando conta de que o atacante egípcio havia solicitado a direção do clube inglês a sua transferência ao final da temporada - o motivo para a sua saída seria uma forte discussão com o treinador da equipe - o alemão Jürgen Klopp.

Segundo relatos, o jogador teria ficado muito chateado com a conversa que teve com seu treinador e com isso até mesmo considerou entregar um pedido formal de transferência para a direção dos "Reds". No entanto, os dirigentes do Liverpool conseguiram em partes contornar a situação e impediram que o atacante fizesse isso, dizendo a ele que poderiam facilitar a sua saída ao final da temporada caso ele quisesse deixar o clube de fato.

Com essa informação, vários grandes clubes da Europa poderão se preparar para apresentarem ofertas ao jogador. Entre eles pode estar o Real Madrid, que em outra oportunidade já demonstrou interesse no atleta, mas na época ele não fazia parte de uma lista de prioridades de Zidane. Porém, com a vontade do jogador em deixar o clube inglês, os merengues poderão tentar novamente a sua contratação.

É bom salientar que pouco tempo depois da publicação da notícia pelo jornal espanhol, o empresário do jogador egípcio (Ramy Abbas) se manifestou em um post nas redes sociais dizendo que a informação não era verdadeira, tentando desta forma tranquilizar os torcedores do clube inglês.

Algo na verdade que só saberemos qual é a verdade quando a temporada atual do futebol europeu chegar ao seu final e a janela de transferências para o mercado da bola voltar a se abrir, no mês de julho - até lá muitas coisas serão especuladas a respeito.