Grêmio recebe proposta milionária por Kannemann

Proposta do clube argentino gira em torno de 6 milhões de euros, e ja está nas mãos dos dirigentes gremistas. Multa recisória do argentino é de aproximadamente 20 milhões de euros.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

A janela de transferências segue agitada nos lados da Arena. E desta vez, além do atacante Éverton, o nome que agita os bastidores do Grêmio se chama Walter Kannemann.

Após várias investidas já conhecidas de dois grandes clubes da Argentina, como Boca Juniors e Independiente, o nome do defensor gremista segue sendo comentado e desejado pelo lado do país “hermano”, uma vez que o zagueiro vem de uma temporada espetacular em 2018.

Novamente, o Independiente de Avellaneda não mede esforços para ter Kannemann e desta vez apresentou uma segunda proposta oficial pelo zagueiro, na casa dos 6 milhões de euros ( aproximadamente 26 milhões de reais). Esta inclusive, já está na mesa da diretoria gremista.

Kannemann em ação contra o Real Madrid, no Mundial de Clubes de 2017Kannemann em ação contra o Real Madrid, no Mundial de Clubes de 2017

Pelo lado do grêmio, a corrida é para manter uma de suas principais peças do time e uma saída neste momento é vista pela cúpula gremista como uma perda irreparável. Os dirigentes do tricolor estabeleceram uma renovação de contrato com o zagueiro até 2020, onde foi cedido um reajuste salarial significativo ao jogador, além da multa rescisória estabelecida em aproximadamente 20 milhões de euros.

Kannemann está no grêmio desde 2016, quando veio do Atlas, do México, e logo conquistou seu espaço. Ao lado de Geromel, os dois formaram uma das maiores duplas de zaga da história do tricolor. O argentino já conquistou a Copa do Brasil 2016, a Libertadores de 2017 e o Campeonato Gaúcho e a Recopa sul-americana de 2018.

Além do status de ídolo adquirido no clube, seu desempenho lhe rendeu 2 convocações para a seleção argentina. Como prêmio individual, o zagueiro esteve presente na seleção da América nos anos de 2017 e 2018.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal