Após chegar desorientado de um vôo depois de misturar remédio para dormir com bebida alcoólica, Rooney é preso dias antes do último natal. De acordo com a "Corte de Virginia", nos Estados Unidos, o ex-jogador da seleção inglesa foi preso por intoxicação pública e palavrões em público, na cidade de Washington.

Liberado logo em seguida sem o pagamento de fiança, o mesmo acabou sendo multado em US$ 25 e um pagamento de mais US$ 91 pelos custos do processo já no início deste ano. A confirmação da prisão e dos referidos valores foi confirmado por um "porta-voz" do Departamento de Polícia de Loundon County, onde o mesmo destacou dizendo:

"Wayne Rooney foi autuado sob acusação de intoxicação pública pela Polícia Metropolitana dos aeroportos de Washington".

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que o jogador do DC United, da Major League Soccer, dos Estados Unidos é preso. Em setembro de 2017, ele foi detido pela polícia da Inglaterra, após ter sido pego dirigindo embriagado, onde na época foi proibido de dirigir por dois anos e ainda obrigado a realizar 100 horas de trabalho comunitário.

O atleta desta vez foi autuado e preso ao desembarcar de um vôo vindo da Arábia Saudita, onde um de seus porta-vozes afirmou que ele havia ingerido remédio para dormir durante o vôo e no mesmo havia consumido uma bebida alcoólica, que desencadeou o processo de desorientação na chegada aos Estados Unidos.

De acordo com passageiros que também desembarcaram no mesmo vôo, a cena de Rooney foi constrangedora.