Minha Torcida Logo

Em jogo beneficiente no Brasil, Hulk reafirma seu desejo de vestir as cores do Palmeiras

Capitão e dono da camisa 10 em seu atual clube, Hulk é visto pelos torcedores como um ídolo da equipe chinesa, por onde acabou de conquistar o primeiro título de campeão do futebol no país e por esse motivo vê com dificuldades uma saída da China.

Por
Compartilhe

Um dos grandes nomes do futebol brasileiro, que atualmente está jogando no futebol chinês, afirmou recentemente seu desejo de voltar ao Brasil e do desejo de vestir a camisa do Palmeiras um dia – estamos aqui falando do atacante Hulk, que defende as cores do Shangai SIPG – clube chinês da primeira divisão do futebol no país.

Hulk em partida beneficiente em Capina Grande, onde mais uma vez reafirmou seu desejo de vestir as cores do Palmeiras quando retornar ao Brasil.Hulk em partida beneficiente em Campina Grande, onde mais uma vez reafirmou seu desejo de vestir as cores do Palmeiras quando retornar ao Brasil.

Capitão e dono da camisa 10 em seu atual clube, Hulk é visto pelos torcedores como um ídolo da equipe chinesa, por onde acabou de conquistar o primeiro título de campeão do futebol no país e por esse motivo vê com dificuldades uma saída da China - pelo menos neste momento, como afirmou em entrevista durante um amistoso em Campina Grande:

“Sempre surge tais especulações em relação a meu nome como jogador do Palmeiras; quem sabe seja pelo carinho que eu tenho por esse clube e que já deixei claro que tenho interesse de defender um dia. É sim um desejo meu defender as cores do Palmeiras assim que retornar ao Brasil, mas atualmente fica complicado disso acontecer. Tenho mais dois anos de contrato para cumprir no meu clube, onde estou feliz”, declarou o paraibano.

Hulk foi um dos principais nomes da conquista de seu atual clube no futebol no futebol chinês.Hulk foi um dos principais nomes da conquista de seu atual clube no futebol no futebol chinês.

Como reforços até aqui confirmados pelo Palmeiras para 2019 estão nomes como o do meia Zé Rafael – ex-Bahia, do atacante Arthur Cabral – ex-Ceará, do volante Matheus Fernandes – ex-Botafogo e dos atacantes Felipe Pires e Carlos Eduardo, ex-Hoffenheim – da Alemanha e Pyramids – do Egito, respectivamente.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais