Modric desbanca Cristiano Ronaldo e Messi e conquista a Bola de Ouro

Estou feliz que eu seja o vencedor, mas este prêmio é para todos os jogadores que provavelmente mereciam ganhar e não ganharam, é um orgulho para mim” declarou o meia do Real Madrid.

Por
Compartilhe

Sem surpresas! Depois de conquistar os prêmios de melhor jogador da Copa do Mundo da Rússia e posteriormente o prêmio de melhor jogador do mundo, pela FIFA, Luka Modric – meio campista do Real Madrid recebe a “Bola de Ouro” – prêmio esse dado pela revista “France Football”.

Aos 33 anos, Modric deixou nesta última segunda-feira para trás nomes como de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, ao conquistar mais um prêmio em 2018. Logo atrás do croata, na segunda colocação aí sim aparece um dos dois; falo aqui de CR7 – Antoine Griezmann ficou na terceira colocação no prêmio “Bola de Ouro”.

Luka Modric - meio-campista.Luka Modric - meio-campista.

Sendo o maior jogador de futebol da atualidade, onde nesta temporada conquistou todos os prêmios individuais possíveis, Luka Modric, porém parece não estar tão satisfeito com isso, visto que ao receber o “troféu”, revelou que trocaria todas essas (premiações) pela conquista da Copa do Mundo, ao qual a sua seleção ficou na segunda colocação – perdendo a final para a França.

“Eu trocaria todos os meus prêmios individuais por uma Copa do Mundo. Infelizmente isso não aconteceu. O sucesso que conseguimos na Copa, para um país tão pequeno como a Croácia, é algo incrível, mas, como eu disse, trocaria tudo isso para conquistar uma Copa do Mundo, mas como não ocorreu, é um grande sentimento ganhar pelo menos esse prêmio e com isso, estou muito feliz”, declarou o meia do Real Madrid em sua coletiva de imprensa, em Paris.

Ainda na mesma entrevista, Modric se diz orgulhoso por ter conseguido desbancar Lionel Messi e Cristiano Ronaldo – que nos últimos 10 anos se revezavam nas premiações conquistadas pelo croata.

“Os dois estavam em um nível excepcional nos últimos 10 anos. Talvez no passado houvesse alguns jogadores que poderiam ter ganho a “Bola de Ouro”, como Xavi, Sneijder ou Iniesta, mas isso não aconteceu. E as pessoas estão agora, finalmente, querendo buscar algo diferente, e acho que é uma vitória para o futebol. Estou feliz que eu seja o vencedor, mas este prêmio é para todos os jogadores que provavelmente mereciam ganhar e não ganharam, é um orgulho para mim”, finalizou o grande vencedor da temporada 2018.

Comentários