Pato elogia Lucas Paquetá e não descarta uma volta ao Milan

O jogador que hoje atua no futebol chinês falou sobre um possível retorno ao “Calcio” e também elogiou Luca Paquetá.

Por
Compartilhe

Alexandre Pato pode estar retornando ao futebol italiano – pelo menos é essa impressão que o atacante deixou em sua última entrevista ao jornal italiano “Corriere dello Sport”, nesta terça-feira.

Alexandre Pato não esconde o desejo de retornar ao futebol europeu.Alexandre Pato não esconde o desejo de retornar ao futebol europeu.

O jogador que hoje atua no futebol chinês falou sobre um possível retorno ao “Calcio” e também elogiou Luca Paquetá – atleta recém contratado pelo Milan e que deverá se apresentar ao mesmo em janeiro do próximo ano.

“Tenho várias propostas da “Série A” e também de outras ligas europeias. Milan? Não digo que não, veremos o que acontece no final da temporada por aqui. Fiquei muito contente que o Leonardo e o Maldini tenham regressado ao clube italiano, tanto por eles como pelos torcedores que precisavam de alguém que fosse a cara do Milan”, declarou o atacante.

Com um ano ainda de contrato com o Tianjin Quanjian, da China, Alexandre Pato revelou também que recebe diariamente inúmeros comentários de torcedores do Milan em suas redes sociais. Além disso, o atleta que já atuou no Brasil por Internacional, Corinthians e São Paulo, deu algumas dicas a Lucas Paquetá, que deverá ser anunciado em breve pelo clube de Milão.

“Paquetá é um excelente jogador. O que posso dizer a ele que em primeiro lugar aprenda a falar italiano e que tente fazer as coisas rapidamente. Os torcedores do Milan são incríveis, fantásticos e vão gostar dele”, finalizou Pato.

Alexandre Pato em sua primeira temporada no Milan, após brilhar no Internacional.Alexandre Pato em sua primeira temporada no Milan, após brilhar no Internacional.

Com 29 anos, o atacante do time chinês que iniciou sua carreira no Colorado, atuou pelo Milan assim que foi revelado pelo clube gaúcho, passando também por Corinthians, Chelsea, São Paulo e Villarreal.

Comentários