John Terry anuncia aposentadoria do futebol

Pelo Chelsea, o ex-zagueiro conquistou os títulos de campeão da Champions League, quatro Copas da Inglaterra, uma Euro League e três Copas da Liga Inglesa.

Por
Compartilhe

Ex-capitão da seleção inglesa e do Chelsea – o inglês John Terry, anunciou neste último final de semana que está se aposentando. Depois de 759 partidas e 17 títulos conquistados, um dos maiores zagueiros da história do clube inglês acima citado e do futebol de seu país, anunciou que está largando à carreira como jogador profissional.

Pelo Chelsea, John Terry disputou 717 partidas, já pelo Aston Villa e pelo Nottingham Forest, o zagueiro disputou 42 jogos – sendo que destes, 36 pelo Aston Villa e 6 pelo Nottingham Forest. Pela seleção inglesa, o agora ex-jogador de futebol vestiu a camisa inglesa em 78 partidas.

Chelsea é o clube de coração do agora ex-zagueiro de futebol.Chelsea é o clube de coração do agora ex-zagueiro de futebol.

Em uma nota divulgada em suas redes sociais, John Terry declarou o seguinte:

“Depois de 23 anos incríveis como jogador, resolvi que este é o momento certo para se aposentar da prática do futebol. Quando tinha 14 anos, tomei a melhor e a mais importante decisão da minha carreira: assinar com o Chelsea. Não tenho palavras para agradecer às pessoas do clube, particularmente a torcida. Conseguimos grandes êxitos juntos. Espero que tenha conseguido dar orgulho vestindo essa camisa e a braçadeira de capitão”, declarou.

Pelo Chelsea, o ex-zagueiro conquistou os títulos de campeão da Champions League, quatro Copas da Inglaterra, uma Euro League e três Copas da Liga Inglesa.

Ainda na mesma nota, o agora ex-jogador de futebol e ex-capitão da seleção inglesa agradeceu a todos que de uma forma ou outra, o ajudaram a chegar ao Chelsea e a capitão da seleção inglesa.

“Quero aqui agradecer a todos que de uma forma ou outra, me guiaram pelo caminho de poder atuar em 717 partidas pelo clube que amo. Também quero agradecer aqueles que me ajudaram a realizar o meu sonho de infância, o de ser o capitão da seleção da Inglaterra, o que me deixa terrivelmente orgulhoso”, finalizou John Terry.

Comentários