Dedé, jogador do Cruzeiro, voltou aos gramados em março deste ano após ficar afastado do futebol por um ano, vinte e dois dias devido a uma fratura na patela do joelho direito. Esta semana o jogador sofreu nova lesão e não tem prazo para voltar aos gramados. 

Para o departamento médico do Cruzeiro, Dedé foi afastado das atividades no Cruzeiro devido a um edema ósseo no joelho esquerdo. O jogador terá que ficar parado por tempo indeterminado. Durante esse período, Dedé terá que usar muletas e realizar repouso total de qualquer tipo de atividade para evitar qualquer desgaste em seu joelho.

O problema o joelho esquerdo apareceu em maio. Na época a expectativa de retorno era de até seis semanas, mas o problema continua a persistir por isso a direção decidiu afastá-lo do grupo por tempo indeterminado. A lesão foi contatada através de exames de imagem ao qual o zagueiro se submeteu durante a última semana.

"Dedé estava realizando suas atividades com cuidado. Apesar da atenção especial, ele fez um exame e ficou constatado que a lesão persiste", declarou o médico Sérgio Freire Júnior.

No dia 1º de agosto, Dedé teve um desentendimento com alguns torcedores através das redes sociais e foi chamado de 'acomodado'. Dedé desabafou: "Quero deixar bem claro que não estou e nunca fui acomodado. Infelizmente veio esta lesão em um retorno onde estava me sentindo muito bem jogando. A cada dia que voltava a treinar, acreditava que nunca mais teria uma lesão, mas infelizmente tive e essa situação está sendo muito difícil para mim. Estou tentando voltar".

Com a camisa do Cruzeiro, Dedé atuou por 98 jogos, destes, 85 vezes em seus dois primeiros anos no clube. Ao total, Dedé marcou nove gols com a camisa celeste. O zagueiro tem contrato com o time mineiro até dezembro de 2018.