O atacante do Flamengo - Gabriel Barbosa terá que responder criminalmente pelo flagra do último domingo, onde ele foi pego com mais pessoas em um cassino clandestino, na Zona Sul de São Paulo.

Sim, o jogador aqui em destaque foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por crime contra saúde pública, após participar de aglomeração de cerca de 200 pessoas no local aqui já citado na capital paulista. A informação é do jornal "Extra".

Crime previsto no Art. 268 do Código Penal

Gabriel Barbosa está sendo processado pelo crime previsto no artigo 268 do Código Penal, que diz: "desrespeitar medida do poder público para evitar a propagação de doença contagiosa"; tendo como pena o pagamento de até 100 salários-mínimos ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. Já o gerente e funcionários do referido cassino, responderão por realização de jogos de azar.

Entrevista a TV Globo

Após ter sido conduzido a Delegacia de Crime contra a Saúde Pública, Gabigol em entrevista a Rede Globo admitiu que faltou "sensibilidade" de sua parte ao se aglomerar em meio a pandemia do novo Coronavírus, onde ainda teria afirmado não frequentar seguidamente casas de jogos de azar, popularmente conhecidos como "Cassinos".