Depois de quatro meses e 22 jogos disputados pelo Olympiacos - da Grécia, o lateral-direito Rafinha rescinde seu contrato com o time do exterior. A informação foi revelada pelo próprio clube que divulgou uma nota oficial anunciando que o brasileiro chegou a um acordo com o Olympiacos para romper o vínculo, que era válido até junho de 2022.

Flamengo deseja a volta do atleta

Com a notícia de sua saída do clube grego, segundo informações do site "GE", o Flamengo já manifestou desejo em sua volta, abrindo as portas para um retorno do lateral-direito.

Assim como fez o Olympiacos, Rafinha também através de uma nota oficial publicada em suas redes sociais se despediu do clube do exterior, onde o mesmo declarou o seguinte:

"Me despeço do Olympiacos, clube que me recebeu com tanta alegria e respeito. Agradeço imensamente a torcida pelo carinho, aos funcionários do clube por todo o cuidado, aos companheiro de equipe, comissão técnica, diretoria e ao presidente Evangelos Marinakis por toda sua presteza e confiança, por ter honrado com tudo o que foi acordado e ter sido extremamente correto em todo o processo. Muito obrigado, Presidente. Saio de forma amigável, em comum acordo com o clube, sempre cultivando as boas relações pessoais e profissionais".

Rafinha no Olympiacos

O lateral-direito chegou ao clube grego em agosto do ano passado, no entanto, só estreou por esse, no dia 18 de setembro, onde desde então vestiu a camisa do time em jogos oficiais em 22 ocasiões, tendo ajudado esse a conquistar 13 vitórias e 4 empates; com 5 derrotas em sua passagem pela equipe aqui em questão. Rafinha deixa o Olympiacos sem nenhum gol marcado.

Desejo de voltar a jogar no futebol brasileiro

Sem clube desde então, Rafinha já manifestou desejo de voltar ao futebol brasileiro, para assim poder ficar próximo a família. O lateral segundo as últimas informações do "mercado da bola", já teria recebido algumas sondagens de clubes do país, mas nenhuma oficial. Flamengo é um deles.