A vida nos ensina que podemos nos superar a cada dia. Após se salvar milagrosamente do desastre aéreo que culminou com a morte de 71 pessoas, no vôo da LaMia 2933, na Colômbia, o jogador Alan Ruschel - um dos sobreviventes - voltou aos gramados neste final de semana. Foi em um jogo treino.

Após 239 dias do acidente aéreo, o lateral-esquerdo voltou a disputar uma partida de futebol; jogando em uma posição mais centralizada no meio de campo, Ruschel participou por 40 minutos de um amistoso na manhã desta quarta-feira, contra a equipe gaúcha do Ypiranga, de Erechim.

O jogador que participou de todo o segundo tempo, que durou 40 minutos, aos poucos vai recuperando as condições de jogo, alimentando assim a esperança da torcida da Chape em velô-lo atuando em partidas oficiais pela equipe. Mesmo estando liberado pelo departamento médico, Alan Ruschel ainda não tem data certa para voltar aos gramados em jogos oficiais.

O amistoso foi realizado no Centro de Treinamento da Água Amarela e contou com a presença dos jogadores que não atuaram contra o Defensa y Justiça na partida válida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana (a partida foi vencida pela Chapecoense nos pênaltis). Nem mesmo o treinador Vinicius Eutrópio esteve presente, assim, quem comandou a Chapecoense neste jogo treino, foi o auxiliar técnico, Emerson Cris.