O Internacional alcançou seu objetivo na Libertadores - se classificar, mas não vejo otimismo para a fase de mata-mata na competição, uma vez que a equipe comandada por Eduardo Coudet deixou a desejar na fase de grupos, tendo se classificado as oitavas de final como um dos piores times dentro dos 16; com apenas 44,4% de aproveitamento, o terceiro pior de sua história nesta fase da competição.

Como estava praticamente dentro da fase de mata-mata do torneio sul-americano, Coudet decidiu por mandar a campo no Chile um time misto, preservando a maioria de seus titulares para o confronto diante do Flamengo, neste próximo domingo, às 18h15, em partida válida pelo Brasileirão, onde o Colorado disputa a liderança da competição de forma direta com o Rubro-Negro.

E por esse motivo, sem uma ambição maior na visão dos colorados, que poderiam ter terminado essa fase em primeiro lugar no seu grupo, agora poderão pagar caro pela "soberba" diante da Universidad Católica, nesta última quinta-feira. Falo isso pelo seguinte: o Inter como ficará no "pote 2" no sorteio das oitavas de final da Libertadores, consequentemente terá nesta fase um adversário mais complicado e para complicar ainda mais, jogará a segunda partida fora de casa.

Pior desempenho desde 1993

Se não fosse só isso, o que mais preocupa a grande maioria dos torcedores colorados é o desempenho do time na competição, onde nesta Libertadores o Inter teve seu pior rendimento desde 1993, sendo ainda o pior de todos os rendimentos em 13 participações na Libertadores.

Para se ter uma ideia, em 2007, quando defendia o título conquistado no ano seguinte, o Inter caiu na terceira colocação em sua chave - na fase de grupos, com 10 pontos, onde cinco anos depois, passou com os mesmos oito pontos e a última posição entre os 16 clubes classificados. Porém, teve quatro gols positivos, contra dois nesta temporada.

Assim sendo, em poucas horas o time de Eduardo Coudet conhecerá seu próximo adversário para as oitavas de final da Libertadores, onde a Conmebol realizará o sorteio desta fase em sua sede, no Paraguai, a partir das 12h. A promessa é de um adversário complicado, podendo inclusive ter novos Grenais já nesta fase.