Sem resposta por parte de Alexandre Pato que rescindiu seu contrato com o São Paulo na última semana, o Sport Club Internacional partiu para outras opções na tentativa de substituir Paolo Guerrero - fora de combate no restante da temporada.

Em busca de um nome para assumir a titularidade no ataque colorado, a direção do clube gaúcho abriu negociação e está muito próximo de anunciar um acerto com o atacante uruguaio Abel Hernández - de 30 anos. Fontes ligadas ao atleta garantem que o Inter o procurou e afirmam enxergar com bons olhos a chance dele vir a jogar no Brasil.

Livre no mercado desde que deixou o Al Ahli - do Catar, o jogador uruguaio poderia ser inscrito pelo Internacional no Campeonato Brasileiro de imediato, mesmo com a janela de transferências para o mercado externo já tendo se fechado. O atacante aqui em questão já chegou a estar na mira do Corinthians e do Flamengo.

Revelado pelo Peñarol - do Uruguai, o jogador de 30 anos conta com um vasto leque de times que defendeu até aqui em sua carreira, bem como o Palermo (Itália), Hull City (Inglaterra) e CSKA Moscou (Rússia). Além disso, Hernández também já defendeu a seleção uruguaia em competições importantes, com um título conquistado pela "celeste" - a Copa América de 2011.

Já pelo clube do catar, o uruguaio disputou apenas 18 jogos e marcou 8 gols na última temporada. Desde que deixou o Al Ahli ele vem mantendo sua forma física em seu país de origem, enquanto aguarda por um novo clube para seguir sua carreira.

Com pressa para definir a contratação de um atacante para a sequência da temporada; que virá para ocupar o lugar de Guerrero, o Inter deve nas próximas horas ou dias anunciar pelo menos a chegada de um centroavante - a direção tem como ideia trazer dois jogadores para a posição - sendo um de imediato e outro na janela de outubro; quando essa volta a se abrir para buscar jogadores de fora do país que estejam com contrato em vigor.

Atualmente o Colorado conta com os seguintes nomes para a posição: Thiago Galhardo, João Peglow, Yuri Alberto e William Pottker - esse último está lesionado e deve ficar de fora por pelo menos três semanas; isso se não vier a ser negociado neste período e Marcos Guilherme, que atua mais recuado no meio de campo, vindo de trás.