Uma baixa ou uma boa para o Internacional nesta quarta-feira, no Gre-Nal decisivo pelo returno do Gauchão 2020? Eis a pergunta! Estamos falando de D’Alessandro, que nesta noite da última terça-feira foi suspenso por dois jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul - TJD-RS por incidentes na derrota do Colorado no Gre-Nal, em Caxias do Sul, pelo segundo turno do Gauchão.

Além da suspensão, o Inter terá que pagar uma multa de R$ 5 mil. Assim sendo, o meio-campista argentino está fora do Gre-Nal desta quarta-feira, às 21h30, na Arena e se o Inter vencer, ele estará fora também do primeiro jogo da decisão do Campeonato Gaúcho, diante do Caxias.

Diferentemente de D’Alessandro, Eduardo Coudet que também havia sido denunciado pelos incidentes pós Gre-Nal, em Caxias do Sul, onde os dois teriam ofendido o presidente da Federação Gaúcha de Futebol - Luciano Hocsmann, o treinador do Inter se deu melhor e foi absolvido com um acordo firmado pelos colorados com a Procuradoria do TJD-RS. Com isso o treinador pagará apenas uma multa - valor esse não revelado.

Cenas do fato entre D
Cenas do fato entre D'Alessandro e Coudet contra o presidente da FGF

Na denúncia, D’Ale foi enquadrado no Artigo 243-C do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por "ameaçar alguém por palavras, escrito, gestos ou por qualquer outro meio, a causar-lhe mal injusto ou grave". A pena prevista é de suspensão de 30 a 120 dias, além de multa entre R$ 100 a R$ 100 mil.

Já Eduardo Coudet que fora "absolvido", foi enquadrado no Artigo 258, Inciso II, do CBJ, por "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões". A pena nesse caso é de punição de um a seis jogos.

Desta forma, com as "penas" sendo anunciadas, D’Alessandro está fora do Gre-Nal desta quarta-feira - pela final do returno do Gauchão 2020 e Eduardo Coudet poderá estar à beira do gramado para comandar a sua equipe diante do Grêmio.