Novo fardamento colorado será lançado em setembro, diz direção do clube. Com a esperança de que o futebol no estado e no Brasil já tenha sido retomado até lá, o Internacional prepara o lançamento do terceiro uniforme para o nono mês de 2020 e não junho ou julho como estava previsto para ocorrer antes da pandemia.

Sem informar como será essa nova camisa e que cor ela terá como predominante, a direção do clube vermelho do Rio Grande do Sul mantém a mesma trancada a sete-chaves, no entanto, é sabido por eles que não será vermelha e nem branca; muito menos azul e preta, como brincou o vice de marketing do clube - Nelson Pires.

A grande novidade deste pacote é que a mesma será lançada com o kit completo, ou seja, camisa, calção e meia. A direção do Inter tem forte expectativa de que o fardamento caia no gosto dos torcedores e seja um sucesso de vendas, assim como estão sendo os uniformes 1 e 2 - lançados nos minutos iniciais de 2020 pela Adidas - nova fornecedora de material esportivo do clube gaúcho.

Com 27 produtos já disponibilizados pela nova fornecedora de materiais esportivos do Inter, os mesmos podem ser encontrados nas lojas físicas do clube, que já estão reabertas após o fechamento do estado devido ao novo Coronavírus. Durante esse mesmo período, as vendas de camisas e peças em geral do Colorado com a marca da Adidas alcançaram bons números através de vendas pelo e-commerce (venda por site), como comemora o clube, que viu nestas amenizar um pouco o prejuízo causado pela paralisação das atividades por conta da pandemia.

Nestes quase três meses já sem o futebol em campo, o Colorado lucrou cerca de R$ 1 milhão com as vendas de camisas e outras peças em geral com a marca do clube. Vale lembrar que a parceria com a Adidas prevê um valor fixo, no entanto, ela também dá direitos a royalties.

Veja o que disse o dirigente colorado aqui citado sobre o novo uniforme do Internacional que chegará em setembro:

"Posso garantir que está bem legal, muito bonito, mas não posso estragar a surpresa antes do tempo", disse ele em entrevista ao site "globoesporte.com".