Tendo 2020 como o ano para uma grande reforma do Gigantinho e próximo de ver esse projeto sair do papel, o Sport Club Internacional por causa da pandemia do novo Coronavírus teve que paralisar o andamento desta ideia, onde o clube no momento da suspensão ou paralisação do futebol no Brasil já analisava três ofertas de empresas dispostas a iniciar as obras de remodelação do ginásio localizado ao lado do Beira-Rio.

Com tudo isso, o momento atual vivido pelo futebol no país, poderá não somente atrasar o início deste projeto, mas também a sua continuidade dos planos de reinaugurar do complexo reformulado.

Gigantinho ao lado do Beira-Rio.
Gigantinho

Antes disso tudo - aqui falando do Coronavírus, o clube gaúcho já estava em tratativas avançadas para o início da modernização do Gigantinho, restando apenas o processo de escolha de três empresas "finalistas" na concorrência ao edital de licitação - lançado pela vice-presidência de negócios estratégicos.

As propostas seriam de bancar a reforma do Gigantinho em troca da permissão da exploração da estrutura do ginásio por um período de 20 anos. Ao clube caberia uma margem de participação baixa em termos de receita, mas ganharia em troca a modernização sem custos de seu patrimônio.

Inaugurado em 1973, o Gigantinho já está em estudo de reformulação há algum tempo, onde o Inter vê esse espaço com a possibilidade para o recebimento de shows e eventos esportivos - como já ocorria logo após a sua inauguração. No atual momento o ginásio em questão está cedido a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos para o auxilio na força-tarefa em combate ao Coronavírus.