Como planejamento do orçamento para o período sem futebol por causa da "COVID-19", o Sport Club Internacional para conter um pouco os impactos financeiros, estuda um plano de ação para reduzir os reflexos da crise em seu quadro social.

A direção do clube gaúcho está em andamento com uma medida para assim evitar o aumento da inadimplência nos próximos meses; algo que ainda não se refletiu na vida financeira do clube. O mês de março foi encerrado sem problemas maiores nos pagamentos das mensalidades.

O quadro social atualmente rende cerca de R$ 7,5 milhões aos cofres do clube. Com tudo certo com relação aos pagamentos dos jogadores e funcionários, o clube agora busca analisar o impacto financeiro da pandemia nos próximos 15 dias - antes de definir qualquer medida de ação.

Torcedores colorados em dia de jogo.
Torcedores colorados em dia de jogo.

Aos sócios, serão oferecidos vantagens e benefícios para valorizar o mesmo que manter os pagamentos em dia. Os dirigentes colorados entendem que não podem neste momento abrir mão de qualquer receita que seja e com isso descartam um programa de desconto nas mensalidades - há sim, a possibilidade, porém pequena, do clube oferecer um desconto a quem adiantar o restante do pagamento até o final do ano.

Lembrando sempre, que as mensalidades dos sócios é uma das principais entradas de receita no clube, ficando atrás apenas das cotas de televisão e da projeção de venda de jogadores, realizadas sempre no início de cada temporada.

A projeção realizada pelo Colorado no início do ano - antes da paralisação do futebol no Brasil por causa do Coronavírus, era de R$ 89 milhões de faturamento com os sócios, porém, esse cálculo terá que ser revisto com um reajuste abaixo do valor antes planejad