Mesmo com o elenco em férias e em quarentena por causa da pandemia causada pela COVID-19, as negociações no "mercado da bola" seguem, e com os clubes brasileiros não seria diferente, tanto que o Internacional recusou uma proposta do Monterrey - do México pelo volante Patrick.

Segundo informações do site "globoesporte.com", a oferta foi feita ainda no início da temporada, no entanto, o colorado decidiu manter o atleta no elenco a pedido de Eduardo Coudet, que considera o volante uma peça importante.

Além do time mexicano aqui descrito, o Corinthians, no final de 2019 também tentou levá-lo para o Parque São Jorge. Na ocasião o "Timão" teria oferecido um certo valor em dinheiro e mais um de seus atletas em troca, mas a direção do clube gaúcho não levou a negociação adiante.

Patrick - volante colorado pretendido pelo Monterrey - do México.
Patrick - volante colorado pretendido pelo Monterrey - do México.

Mesmo tendo o status de "indispensável" no momento, alguma oferta na casa dos 6 a 7 milhões de euros - algo próximo a R$ 33 milhões e R$ 39 milhões, poderia fazer com que essa mudasse de ideia, até porque o Inter não esconde que vive uma situação difícil financeiramente nos últimos anos, que poderá ser agravada com a paralisação dos jogos em razão ao Coronavírus.

Na última semana a direção do Sport Club Internacional abriu conversas com o grupo de jogadores para uma readequação salarial, onde é sabido que dentro do clube há a necessidade de vender um atleta para conseguir equilibrar o caixa.

Com isso, Patrick, que não é de hoje um dos jogadores do elenco colorado cobiçado por outros clubes, poderá ser negociado nas próximas janelas de transferências, lembrando que antes do Corinthians e Monterrey, clubes como o Fenerbahçe e Shandong Luneng tentaram tirá-lo do Beira-Rio.

Desde 2018 no Inter, Patrick já soma 106 partidas com a camisa colorada, com 15 gols marcados até aqui. Na atual temporada o jogador já atuou em sete jogos, com dois gols marcados. O volante tem contrato válido com o Colorado até dezembro de 2021.