Por causa do "COVID-19" e por esse ter modificado radicalmente a vida do ser humano nos últimos dias - tanto na área familiar como esportiva, o Sport Club Internacional é um desses clubes que também está sentindo os efeitos do Coronavírus; não somente no seu dia-a-dia, mas também com as negociações que estavam em andamento antes da paralisação do futebol mundo a fora.

Com relação às negociações, o Colorado informou que está freando toda e qualquer contratação que vinha tentando encaminhar, o que impacta diretamente nas conversas com o Benfica, na busca pelo meio-campista argentino - Franco Cervi. A direção colorada que mantinha até então essa negociação em sigilo, tentava trazê-lo para o Beira-Rio a pedido de seu comandante técnico - Eduardo Coudet, numa resposta aos torcedores com relação ao sonho não realizado por Charles Aránguiz, que nos últimos dias comunicou sua renovação de contrato com o Bayer Leverkusen - da Alemanha.

Segundo o Inter, toda e qualquer negociação que estava a caminho neste momento estão paralisadas, até a normalização da atual situação em todo o planeta.

Veja abaixo o que disse o vice-presidente do Inter - Alessandro Barcellos a respeito do assunto:

"Já estabelecemos um plano de redução de despesas em todos os setores dentro do clube. Qualquer tipo de novo contrato, produtos, manutenção, está temporariamente proibido".

Franco Cervi para quem nunca ouviu falar, é um velho conhecido de Eduardo Coudet e foi um dos nomes indicados pelo treinador argentino a direção colorada no início deste ano - mesmo com a negociação no momento "paralisada", o negócio entre as partes está acertado, faltando realmente ser definida como ficará após a retomada da temporada, que não tem data ainda para voltar - ao que tudo indica o futebol no Brasil deverá ser retomado no pior dos cenários somente na metade de setembro.

Cervi foi comandado por Coudet no Rosário Central, entre os anos de 2015 a 2016 - cria da base do time argentino, o jogador de 25 anos foi um dos homens de confiança do comandante técnico e um expoente do time em 2016, ao lado de Lo Celso e Marco Ruben.

Como já falamos, Franco Cervi é cria da base do clube argentino aqui nesta matéria citado - jogador que atua pelo lado esquerdo do campo e também como meia mais centralizado na linha de três, no esquema 4-1-3-2 utilizado pelo treinador colorado. Mesmo tendo uma baixa estatura, apenas 1,65m, ele se destaca pela velocidade e pelo drible.

Em seu atual clube desde 2006, Cervi já entrou em campo em 143 partidas, onde marcou 20 gols. Na temporada 2019/2020, vestiu a camisa do clube português em jogos oficias por 27 vezes, com cinco gols marcados e três assistências. O contrato do meia-argentino com o Benfica vai até 30 de junho de 2023.