Inter sugere "intertemporada" após a retomada das competições

A direção colorada acredita que as entidades que regem o futebol não podem obrigar os clubes a voltarem imediatamente e por esse motivo pede 15 para o retorno aos gramados.

Por Müller
Compartilhe

Depois de ter suspendido suas atividades até segunda ordem por causa da pandemia que afeta o planeta inteiro (coronavírus), o Colorado passa a partir de agora monitorar as decisões das entidades no decorrer dos próximos dias.

Por causa da paralisação geral no futebol - visto que não é somente o Colorado que parou suas atividades por completo, outros clubes no Brasil também fizeram e fazem o mesmo; a direção do clube gaúcho sugere que na volta às atividades - assim que esse período de resguardo for interrompido, seja dado a esses um período de preparação antes de retornarem aos campos de fato, ou seja, o Inter quer uma espécie de "intertemporada" de pelo menos 15 dias.

Sem ao menos saber quando tudo irá se normalizar, a direção do Internacional pede sensibilidade a Federação Gaúcha de Futebol, Conmebol e CBF para com os clubes que colaboraram para a melhora desta situação.

Rodrigo Caetano - homem forte da direção colorada.
Rodrigo Caetano - homem forte da direção colorada.

"O que queremos com essa ideia é que as instituições façam o mesmo dever de casa quando estabelecem o calendário anual. Que compreendam que é quase a mesma situação. Que iniciem a partir de 15 dias de preparação. O que não pode é estabelecer a volta e já jogue de imediato, por interesses dos mais diversos, questões financeiras, de televisão", comentou o executivo de futebol do clube - Rodrigo Caetano.

O Inter está em "alerta" e aguarda um novo posicionamento da Conmebol, que suspendeu a Libertadores até o próximo sábado - dia 21; podendo com isso retomar a competição na próxima semana. Já a Federação Gaúcha de Futebol suspendeu o Gauchão por 15 dias a contar desta última terça-feira.

Assim como o Colorado está em alerta, a FGF também está, e por esse motivo montou um gabinete 24 horas para monitorar o avanço dos casos de pessoas diagnosticadas com o coronavírus no estado. Após esse período, os clubes irão se reunir para discutirem sobre o caso. Vale ressaltar que o cancelamento total do Campeonato Gaúcho não está descartado.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal